Diretor corintiano critica trabalho, mas não confirma saída de Jair

Do UOL, em São Paulo

O diretor de futebol do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, não confirmou a saída de Jair Ventura após mais uma derrota da equipe, desta vez por 1 a 0 para o Grêmio, em Porto Alegre, neste domingo (2), pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Com aproveitamento de pouco mais de 31% no cargo, o treinador deve dar lugar a Fábio Carille em 2019. 

"Vamos agora sentar esta semana com o presidente, com o Kalil e com o Alessandro (outros membros da diretoria) e fazer a análise do segundo semestre. A gente sabe que o time deixou a desejar no Campeonato Brasileiro, muito abaixo do que tem que fazer num campeonato desse, que é brigar em cima. Vamos chegar em São Paulo amanhã (segunda), conversar e passar para vocês se houver alguma novidade", disse Duilio em entrevista à "ESPN Brasil".

Questionado se aprova o trabalho de Jair Ventura à frente da equipe (quatro vitórias, seis empates e nove derrotas), o diretor de futebol não evitou críticas. "Tivemos uma final de Copa do Brasil, a gente fez dois grandes jogos, mas não dá para achar o trabalho bom. Ninguém aqui está satisfeito pelo Campeonato Brasileiro, principalmente pelo segundo turno, por isso vamos sentar, conversar com a cabeça no lugar e fazer o melhor para o Corinthians", afirmou, antes de deixar uma mensagem ao torcedor.

"A torcida pode ficar tranquila. A gente pede desculpa por este fim de ano. Hoje (domingo) ela fez uma grande festa, sempre apoia, e até mais quando o time não está bem. A gente tem que trabalhar bastante para o ano que vem", concluiu. 

 O Corinthians se reapresenta no dia 3 de janeiro para a temporada de 2019, na qual vai disputar o Campeonato Paulista, a Copa do Brasil, a Copa Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos