Dudu ganha Bola de Ouro da ESPN como melhor jogador do Brasileirão

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • false

Talvez o símbolo da reconstrução do Palmeiras após o quase rebaixamento de 2014, Dudu chegou ao auge do reconhecimento no futebol nacional nesta segunda-feira (3). O meia-atacante do clube alviverde foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro e recebeu a Bola de Ouro do tradicional prêmio Bola de Prata ESPN, ocorrido em São Paulo. O camisa 7 também entrou na seleção da competição.

"Quero agradecer. Não sei se estou mais emocionado por dividir o palco com a Marta ou por ganhar o prêmio. É o sonho de todo jogador estar aqui, disputar o Brasileiro e de ganhar a Bola de Ouro. Quero agradecer ao Felipão, ao presidente, Cícero, Alexandre e ao torcedor. Espero estar aqui ano que vem de novo", declarou Dudu.

O prêmio de Dudu fechou a premiação ocorrida na tarde desta segunda-feira. Antes de o palmeirense receber o troféu, a ESPN promoveu uma homenagem a Pelé, com mensagens de grandes personalidades do esporte como Wlamir Marques, César Cielo e Maurren Maggi. Mbappé e Neymar também falaram sobre o grande nome do futebol mundial.

"Não tive o prazer de ver o Pelé jogar, nem por isso sou menos fã dos que viram jogar. Sou fã, admirador por tudo que ele fez pelo futebol, e a primeira lembrança que tenho do Pelé é de muito jovem, quando meu pai me falava sobre o maior jogador de todos os tempos, foi o primeiro contato como a palavra Pelé", afirmou Neymar, relembrando quando repetiu a comemoração do Rei ao anotar o primeiro gol da carreira.

"Pude fazer uma homenagem ao meu avô que faleceu poucos meses antes de eu estrear no profissional, fazer meu primeiro gol, quando fiz, homenageei fazendo o festo do Pelé, fazer o gestou de um dos maiores atletas", completou o hoje camisa 10 da seleção, número imortalizado por Pelé.

Depois de exibir um vídeo de 2016 com Pelé emocionado por receber a sua Bola de Prata, a ESPN também homenageou Marta, eleita a melhor do mundo pela Fifa neste ano. A emissora relembrou o sexto prêmio dado pela entidade máxima do futebol à jogadora, neste ano, e os números expressivos da carreira. A craque da seleção ganhou a sua própria Bola de Ouro.

"Fica até difícil de falar. Minha emoção é muito grande. Quero dedicar esta linda homenagem às mulheres, comentaristas que a cada dia vem mostrando uma dedicação enorme e quebrando barreiras. Justamente por isso tudo continuamos na luta e não vamos desistir nunca. A Milene e todas as meninas que ela vem aí trabalhando junto na televisão, enfim, as atletas, que muita gente ainda desconhece, mas se dedicam muito", discursou a camisa 10 da seleção. 

"Pelo simples propósito: igualdade de gênero. Igualdade para todos e todas. que tenhamos total liberdade para o que a gente quer fazer, seja no esporte ou em qualquer outra atividade. Também quero agradecer por este dia especial, vocês estão fazendo essa homenagem ao Rei. Joguei no feminino e com a 10, tenho boas lembranças", acrescentou a jogadora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos