Palmeiras leva cinco troféus e domina seleção da Bola de Prata da ESPN

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Robson Villela/Estadão Conteúdo

O Palmeiras dominou a seleção do prêmio Bola de Prata ESPN, nesta segunda-feira (3), em São Paulo. O campeão brasileiro de 2018 cedeu quatro atletas para a seleção da premiação e ainda viu Luiz Felipe Scolari levantar o troféu-prancheta de melhor treinador. O time ideal da temporada ainda teve Weverton (goleiro), Mayke (lateral-direito), Bruno Henrique (volante) e Dudu (meia).

O vice-campeão Flamengo teve dois nomes na equipe ideal da premiação: o lateral-esquerdo Renê e o meia Lucas Paquetá. Pedro Geromel (Grêmio), Victor Cuesta (Internacional), Rodrigo Dourado (Internacional), Everton (Grêmio) e Gabigol (Santos) completaram o time.

O primeiro representante palmeirense a subir ao palco foi Luiz Felipe Scolari, que recebeu o troféu de Rubens Minelli e fez um agradecimento ao ex-treinador. Felipão, em entrevista concedida depois de receber a premiação, admitiu ter em mãos uma proposta da Colômbia.

"Este senhor aqui é o responsável por muitas situações maravilhosas que vivemos no futebol brasileiro, mas principalmente na minha vida foi importante. Se trabalhei em sete países foi porque ele me deu a primeira oportunidade para sair do Brasil", disse Felipão. 

Weverton recebeu o prêmio das mãos do ex-meia Zenon e agradeceu ao técnico Luiz Felipe Scolari no palco. O goleiro campeão olímpico com o Brasil em 2016 ganhou a concorrência de Fernando Prass e Jailson durante a temporada e acabou laureado no fim da Série A.

A zaga da seleção do Bola de Prata tem um recordista. O gremista Pedro Geromel se sagrou tetracampeão da premiação - o primeiro a entrar para a equipe por quatro anos seguidos - e foi acompanhado do colorado Victor Cuesta, que se destacou pelo Internacional na campanha responsável por recolocar o clube gaúcho na Copa Libertadores de 2019. Mayke e Renê subiram ao palco logo em seguida.

Melhores volantes da competição, Bruno Henrique e Rodrigo Dourado receberam o tradicional troféu das mãos de Zé Roberto. Três meias entraram na seleção e foram homenageados por Djalminha: Dudu, Lucas Paquetá e Everton. Gabigol, o artilheiro da competição com 18 gols, também entrou na equipe ideal da premiação.

Confira os vencedores do Prêmio Bola de Prata:

Goleiro: Weverton (Palmeiras) 
Lateral-direito: Mayke (Palmeiras)
Zagueiros: Geromel (Grêmio) e Victor Cuesta (Internacional)
Lateral-esquerdo: Renê (Flamengo)
Volantes: Bruno Henrique (Palmeiras) e Rodrigo Dourado (Internacional)
Meias: Dudu (Palmeiras), Lucas Paquetá (Flamengo) e Everton (Grêmio)
Atacante: Gabigol (Santos)
Técnico: Luiz Felipe Scolari (Palmeiras)
Artilheiro: Gabigol (Santos)
Gol mais bonito: Wescley (Ceará, contra o Corinthians)
Melhor árbitro: Rafael Traci (PR)

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos