Presença de Bolsonaro não incomoda Bruno Henrique: "Mais um palmeirense"

Danilo Lavieri e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Carmim/Photo Premium/Folhapress

    Jogadores do Palmeiras comemoram título com Jair Bolsonaro

    Jogadores do Palmeiras comemoram título com Jair Bolsonaro

Capitão do Palmeiras que conquistou o título do Campeonato Brasileiro de 2018, Bruno Henrique dividiu protagonismo com Jair Bolsonaro ao levantar a taça nesse domingo (2), após o triunfo sobre o Vitória. Para o volante, no entanto, a presença do presidente eleito pelo PSL, que se declara torcedor do clube, não atrapalhou a festa.

"Eu acho que, naquele momento, o presidente eleito é palmeirense. Foi muito legal. Nós jogadores fizemos a mesma festa. Legal que ele estava ali com a gente, mais um palmeirense. Festejamos com a torcida, com o elenco. Para a gente não muda nada", disse Bruno Henrique, durante cerimônia da entrega do prêmio Bola de Prata. O jogador foi um dos dois volantes que recebeu a honraria.

Durante a comemoração, Bruno Henrique foi um dos jogadores do Palmeiras que mais se aproximaram de Bolsonaro. O meio-campista cumprimentou e abraçou o presidente eleito, e os dois dialogaram no gramado do Allianz Parque.

Bruno Henrique foi um dos destaques do Palmeiras na competição e fez o gol que garantiu o triunfo por 3 a 2 sobre o Vitória. Por isso, chegou a ser cogitado como possibilidade para a seleção brasileira de Tite. O volante vê a chance com naturalidade.

"Fico contente de viver este momento fantástico, dar alegria para o nosso torcedor depois de um ano tão intenso. A seleção brasileira é consequência. Indo bem no Palmeiras, eu vou ter chance e ficarei contente se isso acontecer", declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos