Coritiba derrubou Felipão e ajudou a reconstruir o Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Coritiba e Grêmio no Couto Pereira lembra um jogo em que o time tricolor foi muito mal. Perdeu, fez gol contra bizarro e levou 'pressão' da torcida na volta a Porto Alegre. A queda na segunda rodada do Brasileirão, ironicamente, foi positiva para o clube. Derrubou Felipão do comando e simbolizou a retomada das vitórias a partir da contratação de Roger Machado para comandar a equipe. E nesta quarta-feira (19), paranaenses e gaúchos se reencontram, agora em jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

O momento era outro. O Grêmio vinha de tropeços, não conseguia engrenar no Brasileirão. Tinha acabado de ser derrotado pelo Internacional na final do Campeonato Gaúcho e após perder para o Coxa caiu para o 18º lugar na classificação. Voltou a Porto Alegre sob protesto da torcida e até agressão ao lateral direito Matías Rodríguez. 
 
O argentino, aliás, que foi protagonista junto a Erazo de um gol contra bizarro no jogo. Ao tentar afastar a bola, o gringo 'dividiu' com o companheiro e acabou encobrindo o goleiro Marcelo Grohe. Foi o segundo gol do jogo disputado em 15 de maio. Felipão acabou pedindo demissão, aceita pela direção tricolor quatro dias mais tarde. 
 
E o que parecia ruim, provou-se bom. Roger Machado assumiu o comando gremista dez dias mais tarde e nos dois meses que seguiram o que se viu foi um time totalmente diferente. O Grêmio arrancou da zona de rebaixamento ao terceiro lugar do Brasileiro, vem de três vitórias seguidas e até jogadores desacreditados passaram a ter boas atuações. 
 
Erazo, o mesmo do gol contra bizarro, por exemplo, atualmente é um dos destaques do time. Repete boas atuações e foi destaque na vitória por 5 a 0 sobre o Internacional, que havia acabado de bater o Grêmio no duelo anterior com o Coritiba. Com Roger, entre Brasileiro e Copa do Brasil, foram 11 vitórias dois empates e cinco derrotas, que geram aproveitamento de 64,8%. 
 
"Podemos considerar aquele jogo (derrota para o Coritiba) como um divisor de águas para nós. Agora o técnico é outro, a mentalidade é outra, a forma de jogar, a forma de treinar... O Roger mudou a cara do Grêmio", concordou o volante Edinho, que sequer fazia parte do grupo principal com Felipão, foi reintegrado por Roger e será titular nesta quarta por conta da suspensão de Walace. 
 
Além desta troca, o Grêmio não terá Luan, com amigdalite. Bobô será o centroavante. Já o Coritiba prioriza o Brasileiro, competição na qual tenta sair da zona de rebaixamento. Seis jogadores não poderão atuar por já terem disputado a Copa do Brasil por outro clube. Entre eles, titulares como Lúcio Flavio, Henrique Almeida e Wilson. O duelo está marcado para as 19h30 (horário de Brasília). 
 
Ficha Técnica - Coritiba x Grêmio
 
Data e hora: 19/08/2015, às 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio Couto Pereira
Árbitro: Sandro Meira Ricci - SC
Auxiliares: Fabricio Vilarinho (GO) e Rogério Pablos Zanardo (SP)
Transmissão na TV: Espn Brasil e Sportv
 
Coritiba: Vaná; Ivan, Rafael Marques, Leandro Silva e Juan; João Paulo, Misael, Ruy (Alan Santos) e Thiago Galhardo; Rafhael Lucas e Evandro (Negueba).
Técnico: Ney Franco
 
Grêmio: Marcelo Grohe; Galhardo, Erazo, Pedro Geromel e Marcelo Oliveira; Edinho, Maicon, Giuliano e Douglas; Pedro Rocha e Bobô. 
Técnico: Roger Machado

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos