Ministério espanhol pede reforço policial argentino para River x Boca

Do UOL, em São Paulo

  • reprodução/Olé

Um ofício enviado pelo Ministério do Interior nesta segunda-feira (3) pediu reforço da polícia da Argentina para a final da Copa Libertadores, que será disputada em Madri, no dia 9 de dezembro, entre River Plate e Boca Juniors.

O documento foi direcionado a Guillermo Madero, que, na Argentina, exerce a função de Diretor Nacional de Segurança em Espetáculos Futebolísticos. A Espanha afirma que pagará pelo trabalho da polícia sul-americana.

A informação foi publicada pelo jornal "Olé", da Argentina, que levantou um questionamento em seu texto: "Foi para isso que mudaram a sede do jogo? Agora pedem ajuda de segurança do país que se supõe que não esteja capacitado para atuar".

Neste sábado (1), a Conmebol anunciou detalhes da venda de ingressos para a final. Os torcedores que moram na Argentina só poderão comprar 10 mil ingressos no total (divididos entre 5 mil para o River e 5 mil para o Boca).

O estádio Santiago Bernabéu, em Madri, terá mais de 70 mil lugares disponíveis para o jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos