'Jogando por Dorival', Santos faz teste final antes de dérbi e Libertadores

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/ Santos FC

    Dorival Júnior foi chamado de 'burro' por torcedores no último jogo na Vila

    Dorival Júnior foi chamado de 'burro' por torcedores no último jogo na Vila

Um teste final antes de o ano 'começar pra valer'. Assim pode ser encarado o jogo deste sábado (25), contra o Botafogo de Ribeirão Preto, na Vila Belmiro, pela sexta rodada do Campeonato Paulista. O duelo antecede, além do clássico contra o Corinthians, dia 4 de março, a estreia do Santos na Libertadores, dia 9, diante do Sporting Cristal, no Peru.

Em baixa após três jogos consecutivos sem vitórias na competição estadual, o Santos tem neste sábado (25), na Vila, a chance de fazer as pazes com os torcedores – ou ao menos amenizar a relação com eles. Nos últimos dias, os protestos saíram das arquibancadas e chegaram à porta dos vestiários da Vila e até ao CT, com invasão e conversa com Dorival e Elano.

Dorival Júnior, aliás, é o mais contestado pelos aficionados santistas. Chamado de 'burro' pelos torcedores após a derrota para a Ferroviária, na semana passada, ele conta com o apoio dos jogadores, que admite até 'jogar pelo técnico' na partida deste sábado (25).

"Claro [que é preciso jogar pelo técnico]. Dorival é uma pessoa que ajuda muito a gente. Vamos jogar por nós, pela comissão [técnica], pelos jogadores. Somos uma família. Vamos procurar nos ajudar e encarar esse jogo como uma final", disse Yuri, volante de origem mas que vem sendo utilizado como zagueiro por Dorival.

Mais contundente que o companheiro, o experiente Ricardo Oliveira diz não entender a pressão da torcida em cima não apenas de Dorival Júnior, mas de todo o elenco santista.

"É bom a gente entender que tem pessoas de fora, que são rivais, que sabem a força que nós temos. O que eu não consigo entender é que a minha torcida, conhecendo os jogadores que tem, time há dois anos juntos, que tem dado o seu melhor e que nunca deixou de honrar camisa, não esteja do meu lado. É hoje que eu preciso", afirmou o atacante.

Ricardo Oliveira, aliás, é a principal novidade do Santos para encarar o Botafogo-SP. Depois de passar por um período de trabalho intenso para recuperar a forma física ideal, o camisa 9 – que foi desfalque contra o Ituano, poupado – está de volta à equipe titular.

O técnico santista não confirma o time, e duas posições não foram confirmadas. Na zaga, Cléber e Lucas Veríssimo são os favoritos para formar dupla com Yuri. Já no setor ofensivo, Vitor Bueno deve ser recuado para a posição de meia, já que Lucas Lima e Léo Cittadini estão machucados. Com isso, Thiago Ribeiro ou Bruno Henrique aparecia no ataque. Jean Mota, recuperado de contusão, ainda deve iniciar o confronto no banco de reservas.

SANTOS X BOTAFOGO-SP

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 25/02/2017 (sábado)
Horário: 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP) 
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Vitor Carmona Metestaine (SP)

SANTOS
Vladimir, Victor Ferraz, Cléber (Lucas Veríssimo), Yuri e Zeca; Leandro Donizete, Thiago Maia e Vitor Bueno; Bruno Henrique (Thiago Ribeiro), Copete e Ricardo Oliveira
Técnico: Dorival Júnior

BOTAFOGO-SP
Neneca; Samuel Santos, Caio Ruan, Filipe e Fernandinho; Bileu, Marcão Silva, Diego Pituca e Rafael Bastos; Francis e Wesley
Técnico: Moacir Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos