Brasil

Comissão cogita sobrecarga como causa de lesões em Danilo e Douglas Costa

Lucas Figueiredo/CBF
Douglas Costa corre com a bola durante jogo contra a Costa Rica; comissão se divide e cogita que sobrecarga tenha causado lesão Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri, Dassler Marques, João Henrique Marques, Pedro Ivo Almeida e Ricardo Perrone

Do UOL, em Sochi (Rússia)

24/06/2018 15h53

Com duas lesões musculares em dois dias seguidos, ao menos parte da comissão técnica da seleção brasileira cogita que cargas excessivas de treinamentos possam ajudar a explicar os problemas de Danilo e Douglas Costa. Esse mesmo diagnóstico foi feito com Renato Augusto há algumas semanas.

Simule resultados da última rodada e quem vai às oitavas
- Neymar S/A: a engrenagem por trás do maior jogador de futebol do Brasil
- De ídolo a homem de negócios, Ronaldo tem tudo a ver com a seleção atual

O elevado número de lesões, problema desde que o grupo se juntou na Granja Comary, se agravou nos últimos dias e virou uma grave dor de cabeça para o treinador. Hoje, Renato Augusto e Fred não estão 100%, assim como Neymar. Danilo tem uma lesão muscular no quadril e ainda não sabe quando volta a atuar e Douglas Costa, com um problema na coxa direita, deve ser utilizado só se o Brasil chegar longe no torneio. Esses dois últimos casos chamam atenção especial.  

O número elevado de lesões tem gerado debates internos sobre a medida ideal a ser aplicada em treinos. Neste domingo, pelo segundo dia seguido, o preparador Fábio Mahseredjian focou a atividade do dia na recuperação, procedimento diferente de ocasiões recentes.

A avaliação de parte da comissão, mesmo antes do problema com Renato Augusto, é que os treinamentos deveriam ser mais leves para minimizar riscos de lesões, principalmente como as sofridas por Danilo e Douglas. A perda de ambos fez com que esse debate fosse intensificado.

Do outro lado do grupo, a defesa é por atividades intensas, como Tite gosta, por colocar os jogadores em ritmo similar ao encarado nas partidas, ainda que sob risco de problemas médicos. 

Após a estreia brasileira, o meia Renato Augusto falou abertamente do caso e reconheceu que a inflamação em seu joelho foi fruto de uma sobrecarga, como havia antecipado o UOL Esporte.

“Não cheguei abaixo do meu nível, cheguei no meu nível bem alto. Infelizmente tive um problema de sobrecarga de peso, e acabei perdendo uma parte importante da preparação”, disse, após o empate por 1 a 1 com a Suíça, na última semana. 

Recuperado depois de um problema muscular que ameaçou seu corte, Douglas Costa voltou a ser problema por uma lesão, o que irritou parte da comissão técnica em função da discordância de metodologias.

Pessoas próximas ao jogador, ouvidas pela reportagem, explicaram que o ritmo das atividades de Tite, e principalmente a intensidade, chamam a atenção em alguns momentos. Douglas, como mostrou o UOL Esporte, jogou parte do segundo tempo lesionado contra a Costa Rica e inicialmente não avisou o banco de reservas do problema.

Nesse momento, a comissão de Tite aguarda por mais 24 horas para uma avaliação nova, e mais precisa, sobre seu problema muscular. Há receio de que o atacante, destaque no último jogo, só volte aos gramados bem mais próximo ao fim do Mundial.

Danilo, diferentemente de Douglas Costa, possui histórico mínimo de lesões - o problema muscular é raro em sua carreira. A expectativa da comissão de Tite é que ele fique apto a atuar em possível jogo das oitavas.

A intensidade dos treinos da seleção também esteve em debate em pelo menos mais duas situações. Fred foi atingido por Casemiro em lance simples de uma atividade, teve lesão no tornozelo e perdeu dois jogos do Brasil. Fernandinho, em outro momento, assustou por um pisão em Neymar, mas chegou a exaltar a competição dos treinamentos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Brasil

Topo