UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão

Além de "gato", Ponte estuda nova irregularidade do Goiás e ida ao tapetão

Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.
Goiás é alvo da Ponte Preta na busca por possíveis irregularidades na disputa da série B do Campeonato Brasileiro 2018 Imagem: Rosiron Rodrigues / Goiás E.C.
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Teresópolis e Belo Horizonte

05/12/2018 04h00

Além das discrepâncias na data de nascimento do lateral esquerdo Ernandes, o popular caso de "gato", a Ponte Preta estuda uma segunda suposta irregularidade cometida pelo Goiás no Campeonato Brasileiro 2018. A tese alternativa está ligada ao artigo 6º do regulamento da Série B: o clube da Campinas recebeu uma denúncia de que os goianos teriam excedido o limite de trocas de atletas inscritos, estabelecido em dez. "Os clubes poderão inscrever um número máximo de 40 (quarenta) atletas até o último dia útil anterior ao início da 20ª rodada (primeira do returno), podendo substituir no máximo 10" diz o parágrafo segundo do artigo.

Dirigentes da Ponte ainda não falam publicamente sobre o caso nem detalhes de onde estaria a irregularidade cometida pelo Goiás. A De Primeira, no entanto, apurou que o caso está sendo estudado internamente no clube de Campinas e analisado com cuidado. A "Macaca" só levará a situação adiante caso haja certeza sobre a tese. (Por Pedro Lopes e Rodrigo Mattos)
 

Mais UOL de Primeira

Topo