Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Palmeiras quer cota de PPV e garantia na TV aberta para fechar com Globo

Ale Cabral/AGIF
Diretoria do presidente Mauricio Galiotte faz exigências para que o Palmeiras feche contrato com a TV Globo para o Brasileiro Imagem: Ale Cabral/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

DO UOL, em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre

10/01/2019 04h00

Segue travada a negociação entre Palmeiras e TV Globo sobre os direitos de transmissão, na TV aberta e em pay-per-view, do Brasileirão 2019. A De Primeira apurou que o clube faz duas exigências para fechar com a emissora: o recebimento uma pequena parte (18,5%) do valor arrecadado com vendas do pay-per-view, tal qual ocorre com Flamengo e Corinthians, e a garantia de um número mínimo de partidas transmitidas na TV aberta.

A emissora não concorda com tais exigências. O Palestra ainda pede uma exceção no ponto contratual que determina um pagamento menor a clubes que já fecharam a Turner na TV paga. A TV carioca também nega, visto que causaria um mal-estar com outros clubes que aceitaram e já assinaram contrato, como Santos e Internacional. Ainda que trabalhe com a hipótese de não contar com o clube para o Brasileirão, o desejo da Globo é conseguir encontrar um meio-termo com urgência. Procurados, os dois lados optaram por não se manifestar. (Por Danilo Lavieri e Gabriel Vaquer)
 

Mais UOL de Primeira