Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Avanti amarga queda com transição e vira alvo de críticas no Palmeiras

Gero Rodrigues/O Fotográfico/Estadão Conteúdo
Torcida do Palmeiras deve lotar Allianz no início de 2019, mas queda no sócio-torcedor é motivo de questionamentos Imagem: Gero Rodrigues/O Fotográfico/Estadão Conteúdo
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Santos, Porto Alegre e Belo Horizonte

2019-01-18T04:00:00

18/01/2019 04h00

O programa de sócio-torcedor do Palmeiras tem enfrentado algumas dificuldades no início de ano e uma queda no número de fãs ativos. Filas quilométricas para troca de carteirinha, diminuição no número de sócios adimplentes e chuva de reclamação nas redes sociais e nos canais oficiais do Avanti foram registradas neste início de 2019. Os problemas viraram um dos pontos centrais para que a oposição pudesse fazer críticas a atual gestão.

O clube tem monitorado as reclamações e tem ciência do problema. Uma das justificativas é que o programa passa por um processo de troca de todas as carteirinhas para se adequar às novas catracas que serão usadas pela WTorre. Boa parte dos associados precisou ir pessoalmente para pegar a nova identificação no domingo, horas antes do jogo comemorativo do Zé Roberto, e foi impedido de acompanhar toda a festa por conta das filas. Mesmo sem abrir dados oficiais, o clube admite a queda no número de sócios adimplentes e, internamente, entende que o número negativo seria resultado normal do início do ano, quando vários param de pagar temporariamente por conta do calendário com menos partidas. O Avanti é uma das meninas dos olhos do clube desde 2013. (Por Danilo Lavieri)

Mais UOL de Primeira