Topo

Esporte


Ronaldinho completa um ano de Flamengo em meio à crise e diz que está 'tudo ao contrário'

R10 faz o cumprimento em sinal de respeito à torcida do Fla; altos e baixos em um ano - Alexandre Vidal/ Fla Imagem
R10 faz o cumprimento em sinal de respeito à torcida do Fla; altos e baixos em um ano Imagem: Alexandre Vidal/ Fla Imagem

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em Londrina (PR)

12/01/2012 06h05

Há exatamente um ano, Ronaldinho Gaúcho era só alegria em sua apoteótica apresentação na Gávea. Hoje em dia, no entanto, nem tudo são flores no relacionamento entre o craque e o Flamengo. Visivelmente incomodado com a crise financeira que se instalou no clube nos últimos dias, o jogador não disfarçou o descontentamento com os últimos episódios envolvendo o rubro-negro.

  • Ronaldinho foi apresentado à torcida rubro-negra em uma uma grande festa no estádio da Gávea

  • Jogador curte uma balada no Rio; ano de Ronaldo também foi marcado pelas noitadas em excesso

Durante a gravação da vinheta da TV Globo utilizada na divulgação da escalação do time durante a transmissão, o craque conversou informalmente com alguns membros da imprensa que estavam no local, no CT da SM Sports, em Londrina (PR), e "cornetou" a briga nos bastidores do rubro-negro.

"Está tudo ao contrário no Flamengo. Quem manda, obedece, tudo ao contrário", enfatizou Ronaldinho, que ainda justificou o silêncio durante a pré-temporada. "Só vou falar quando estiver tudo em paz. Essa é a hora dos chefes falarem. Deixo para eles", completou o camisa 10 rubro-negro.

Com cerca de R$ 3,7 milhões a receber do clube, o jogador ainda aguarda a assinatura do contrato entre Flamengo e Traffic para que o dinheiro possa finalmente ser depositado em sua conta. Segundo Assis, irmão e empresário do jogador, a demora no pagamento irrita, e Ronaldinho pode até mesmo se transferir para o exterior caso o impasse não seja resolvido.

Altos e baixos na relação

Em 12 meses, o Gaúcho já experimentou de quase tudo no Flamengo. Idolatrado no início e campeão logo em seguida, o camisa 10 não demorou a conhecer o "inferno" na relação com a torcida rubro-negra. Juntamente com o time, o craque caiu de rendimento no segundo semestre da temporada 2011 e conviveu com as acusações de que estaria frequentando mais as noitadas que os campos de futebol.

Policiado pela diretoria e seu irmão, o Gaúcho reencontrou o bom futebol logo em seguida e terminou o ano ajudando o Flamengo ajudando a conseguir a vaga na pré-Libertadores. No entanto, a temporada que era pra terminar como começou, com absoluta tranquilidade, gabhou mais um "novela".

O FLAMENGO NO TWITTER

Sem receber há cinco meses em função da "briga" entre o clube e a Traffic, que não gostou de ver o rubro-negro negociando contratos através de outros parceiros, o craque ficou no meio de mais um fogo cruzado. No final de 2011, ambas as partes afirmaram que haviam chegado há um acordo e que Ronaldinho permaneceria no clube. Contudo, até agora o jogador ainda não recebeu seus vencimentos atrasados e o imbróglio se arrasta até os dias atuais.

Apesar de toda a irritação de Assis com o caso, a diretoria do Flamengo tem se portado de maneira tranquila em relação ao caso. Segundo os mandatários do rubro-negro e os representantes da Traffic, a oficialização do novo acordo entre as partes é questão de poucos dias. Após idas e vindas do contrato, todos os ajustes estão sendo fechados e a assinatura deve ocorrer ainda nesta semana. Sem maiores problemas, a expectativa é queRonaldinho tenha um ano menos conturbado, compensando todo o esforço e investimento feito.

Ronaldinho Gaúcho
Ronaldinho Gaúcho
#dev_albumEmbed010('tagalbum','14456')

Mais Esporte