Pai de Neymar rebate DIS: "por que não mostram o contrato feito"?

Do UOL, em São Paulo

  • Francisco Seco/AP

Depois de o diretor do fundo de investimento DIS, Roberto Moreno, ter afirmado ao jornal espanhol Marca que Neymar "não pode ser exemplo para nossos filhos", o pai do jogador resolveu se manifestar sobre o caso e agradecer aos fãs que espalharam as redes sociais com a hashtag #Neymarexemplo na última sexta (06).

"Porque não mostram o contrato feito entre a minha família e seu "grupo de investimento" ? Rapidamente as pessoas de bom senso perceberão a verdade. Certamente se esses "investidores" aparecessem hoje no Instituto não "investiriam" em nenhuma daquelas 2470 crianças pois sabem que, por enquanto, nenhuma delas traria o "retorno financeiro" que meu filho já deu a eles. Não gostam do risco de perder dinheiro", disse o pai de Neymar em seu Instagram neste sábado (07). 

O diretor do fundo de investimento disse na entrevista que o fundo de investimento se sentiu traído e criticou Neymar. "Nos sentimos traídos e enganados. Nós cuidamos dele quando era uma promessa. Investimos muito dinheiro apesar dos riscos e chegou a um momento em que ele nos enganou. Neymar não pode ser exemplo para nossos filhos, nem um ícone, pois está sendo investigado por evasão e corrupção", disse.

Depois da matéria do Marca ganhar repercussão mundial, o jogador também se manifestou por meio de sua assessoria de imprensa afirmando que a DIS recebeu o valor acordado no contrato que tinha com o atacante. "Esta participação da DIS nos direitos econômicos do atleta referia-se somente ao contrato mantido com o Santos FC. Portanto, o que estava previsto em contrato – 40% da multa rescisória paga pelo clube comprador – foi devidamente cumprido", diz a nota.

Confira o que disse o pai de Neymar: 

"Quero agradecer todas as manifestações nas redes sociais em apoio a meu filho e minha família usando a hashtag #neymarexemplo. Isso dá força pra continuarmos lutando pelo que achamos ser certo e me ajudou a decidir escrever umas poucas palavras sobre a matéria que saiu em alguns meios de comunicação, com o ataque de um antigo "investidor" e que gerou todo esse movimento.

Quando me atacam, ainda consigo segurar. Quando questionam o futebol do meu filho, também não me intrometo. Penso que toda crítica, positiva ou negativa, é boa e o ajuda a melhorar para corresponder às expectativas que existem sobre ele. Opiniões são pessoais e respeito todas. Mas quando atacam minha família e meus filhos, aí merecem pelo menos um comentário. Principalmente porque aprendo muito com minha família, todos os dias. Meu filho, já falei várias vezes, é um exemplo pra mim.

Graças a ele, seus amigos, apoiadores e patrocinadores, todos juntos, ajudamos a transformar a vida de 2470 famílias/crianças na Praia Grande. Esta é uma atitude totalmente oposta ao que faz o "Sonda", DIS, Moreno, Branco, Azul e outros que vivem de "EXPLORAR" jovens e seus sonhos... como fizeram em um passado bem recente com minha família e, gananciosamente, prosseguem na sua busca por mais dinheiro.

Porque não mostram o contrato feito entre a minha família e seu "grupo de investimento" ? Rapidamente as pessoas de bom senso perceberão a verdade.

Certamente se esses "investidores" aparecessem hoje no Instituto não "investiriam" em nenhuma daquelas 2470 crianças pois sabem que, por enquanto, nenhuma delas traria o "retorno financeiro" que meu filho já deu a eles. Não gostam do risco de perder dinheiro.

Já minha família investe no futuro daquelas famílias e o retorno que nós esperamos é apenas e tão somente transformarmos a realidade daquela região em que criei, com muita dificuldade, meus filhos.

Meu filho é um exemplo pra mim porque é feliz. Mesmo na dificuldade, na pressão que ele passa todos os dias da vida dele, pressão que eu nunca vivi, está sempre com um sorriso no rosto. Mostra que tenho motivos pra sorrir também. Muito obrigado a todos !! #neymarexemplo @neymarjr @rafaella @davilucca@nadine.goncalves", escreveu. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos