Como Ronaldo e 5 'agentes secretos' atuaram na frustrada operação Drogba

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • EFE/Sebastiao Moreira

    Ronaldo foi cartão de visitas do Corinthians para conversas com Drogba

    Ronaldo foi cartão de visitas do Corinthians para conversas com Drogba

Encerrada sem sucesso na última terça-feira, a tentativa do Corinthians em assinar com o marfinense Didier Drogba contou com o auxílio de alguns personagens que atuaram nos bastidores para tentar aproximar os objetivos de jogador e clube, caso por exemplo do ex-jogador Ronaldo. 

Ao todo, os contatos diretos entre o presidente Roberto de Andrade e Drogba foram três, por meio de videoconferência e sempre auxiliados por um tradutor. As propostas oficiais elaboradas pelo Corinthians foram duas, mas não seduziram o centroavante de 38 por completo.

Ao presidente corintiano, na terça passada, Didier agradeceu e justificou ter a possibilidade de atuar ainda na Major League Soccer e virar dirigente ou mesmo pendurar as chuteiras e se dedicar a uma carreira nos bastidores pelo Chelsea, em que adquiriu o status de ídolo 

Abaixo, veja 6 'agentes secretos' que ajudaram na tentativa de aproximação entre Drogba e Corinthians:

RONALDO
Ídolo corintiano e jogador do clube entre 2009 e 2011, ele foi acionado pelo ex-presidente Andrés Sanchez para que tentasse contato com Drogba e se comprometeu a ajudar. O nome do Fenômeno foi bastante utilizado pelos dirigentes e representantes do clube para mostrar credibilidade ao marfinense quanto à possibilidade de receber, anos depois, mais uma estrela do futebol mundial. 

WILLIAN
Ao saber que Drogba estaria em Londres e no Chelsea no último dia 21, o meia formado pelo Corinthians recebeu uma ligação do presidente Roberto de Andrade para que tentasse conversar com o marfinense e buscasse informações. Willian e seu pai, Severino, têm ligações com o clube até os dias atuais, o que fez com que o pedido de Roberto fosse atendido. No mesmo fim de semana, houve a primeira ligação entre o mandatário e o atleta. 

GILDAS SAMBA
Personagem até então desconhecido do negócio, trata-se de um agente francês que tinha ligação com Didier Drogba e seus representantes. A missão do controverso Franck Assunção na operação era justamente colocar o Corinthians em contato com Gildas - ambos são citados na proposta oficial que vazou durante as tratativas. Também foi com ele que Gustavo Herbetta, ex-superintendente de marketing do clube, se reuniu em Londres no fim de semana dos dias 14 e 15 de janeiro. 

GUY ROLAND
Integrante do estafe de Drogba, foi quem atuou diretamente como intermediário das conversas do Corinthians com o marfinense e participou de discussões em torno de valores e possibilidades de contrato. Guy também já foi diretor geral da Fundação Drogba, que funciona na Costa do Marfim e ponto pelo qual a direção corintiana acredita ter sensibilizado o jogador durante um período das tratativas. A proposta oficial do clube envolvia ações em conjunto com a entidade beneficente. 

MATHEUS ASSEF
Empresário do recém-chegado Kazim Richards, que atuou com Drogba na Turquia, assumiu o papel de tentar ajudar o Corinthians a estabelecer contato com Guy Roland e o próprio marfinense e participou de algumas intermediações na reta final das conversas. 

NIKE
Patrocinadora do Corinthians e de Drogba, a empresa tentou auxiliar em contatos entre as partes, principalmente para que o estafe do centroavante por completo tivesse conhecimento das intenções da direção corintiana. A Nike autorizou o clube a autorizar a inclusão de um item importante na proposta ao atleta: uma porcentagem de royalties de camisas vendidas com o nome dele seria destinada à Fundação Drogba. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos