Gabriel Jesus se lesiona em 14 minutos e City vence com gol de Agüero

Do UOL, em São Paulo

Mesmo sem Gabriel Jesus, que saiu de campo lesionado aos 14 minutos do primeiro tempo, o Manchester City venceu o Bournemouthpor 2 a 0, fora de casa no fim da tarde desta segunda-feira (13), no jogo de encerramento da 25ª rodada do Campeonato Inglês. Os gols da partida foram marcados por Raheem Sterling e Sergio Agüero, que entrou no lugar do camisa 33. 

Jesus foi outra vez titular da equipe de Pep Guardiola, a exemplo do que ocorreu nas últimas duas apresentações do City, nas quais o brasileiro anotou três gols e deu uma assistência. Ao ser lançado na área, aos sete minutos do duelo, o atacante pisou de mau jeito no gramado e acusou dor no tornozelo direito. Pouco depois, aos 12, desabou no gramado e pediu atendimento. Guardiola agiu rápido e o substituiu por Agüero, artilheiro do time na temporada, para evitar maiores problemas.

Gabriel Jesus seguiu direto aos vestiários, onde deu sequência ao tratamento. O clube fará exames no jovem de 20 anos na manhã desta terça para avaliar a gravidade da contusão - após a partida, Guardiola se limitou a dizer que vai "rezar hoje à noite" para que não seja nada sério. A equipe, no dia 21 de fevereiro, terá a partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões contra o Monaco, e a principal suspeita é de que o treinador tirou Jesus de campo após o atendimento para poupá-lo. 

A vitória, terceira seguida do Manchester City na competição, fez a equipe saltar à vice-liderança do Campeonato Inglês, com 52 pontos. Na rodada, o clube ultrapassou Tottenham e Arsenal, que têm 50. O Chelsea é o dono da ponta, com 60. O Bournemouth segue estacionado na 14ª posição, com 26 pontos.

O City voltará a se apresentar no próximo sábado (18), pela Copa da Inglaterra, quando pega o Huddersfield Town, da segunda divisão do país.

Os gols do City e o gol (bem) anulado do rival

GLYN KIRK/ AFP

Pouco depois de Gabriel Jesus ser substituído, Sterling, que vem dividindo protagonismo com o brasileiro nas últimas rodadas, decidiu o confronto: aos 28 minutos do primeiro tempo, aproveitou cruzamento de Sané desde o lado esquerdo e, na segunda trave, desviou de primeira para o fundo do gol (veja acima).

Não demorou para o Bournemouth responder: no minuto seguinte, Joshua King também colocou a bola na rede. A arbitragem, no entanto, acusou falta do jogador na origem da jogada e anulou o que seria o tento de empate. Ele, de fato, puxou o defensor dos visitantes.

Agüero, aos 23 do segundo tempo, fechou a conta. Depois de jogada de Sterling pela esquerda, o atacante que substituiu Gabriel Jesus, de carrinho, empurrou a bola para a meta livre, com o goleiro já batido. Seu trabalho foi só o de disputar perna a perna com o zagueiro adversário (veja abaixo). O lance provoca polêmica, e até a interpretação do site da Premier League é confusa: a princípio havia registrado gol de Agüero, depois mudou para gol contra de Tyrone Mings. A súmula do confronto ainda não foi publicada.  

Torcedores reagem à lesão de Gabriel Jesus

Tudo começou com euforia: antes de a bola rolar, nas arquibancadas do estádio Vitality, a casa do Bournemouth, Gabriel Jesus foi chamado de "novo Pelé"?

A lesão, logo aos 14 minutos, esfriou a empolgação. Quem correu do trabalho para casa só para vê-lo foi frustrado. Muito frustrado. 

Começaram os votos de melhora. E mais lamentação. 

O Manchester City, nas versões em português e em inglês das redes sociais, lamentou MUITO a lesão. 

 

 

E aí vieram as piadinhas. Claro, estamos na internet. 

 

"Gabriel Jesus se lesionou, cadê o seu Deus agora, City? Ah, espere: eles têm Agüero", diz o post. 

 

 

"Aquele momento em que os defensores do Bournemouth notam que Gabriel Jesus vai sair... mas Agüero entra no seu lugar", diz o post.  

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos