Assim como o Bahia, Vitória se posiciona contra torcida única nos clássicos

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Vitória

    Vitória também não quer torcida única nos clássicos contra o Bahia

    Vitória também não quer torcida única nos clássicos contra o Bahia

Assim como fez o Bahia na última terça-feira (11), o Vitória soltou uma nota nesta quarta (12) se colocando contra a torcida única nos clássicos.

O posicionamento do clube rubro-negro vem após o promotor Olímpio Campinho afirmar que a torcida única pode ser utilizada nos próximos clássicos entre Bahia e Vitória por conta da falta de segurança.

As palavras do promotor do Ministério Público da Bahia foram ditas dois dias após a morte de um torcedor do Bahia, de 17 anos, ocorrida uma hora após o clássico na Arena Fonte Nova.

O Vitória diz não acreditar que 'a torcida única seja a melhor solução para combater a violência' e afirma que a 'torcida única priva o torcedor de bem de comparecer ao estádio'.

Leia a nota completa:

O Esporte Clube Vitória vem a público declarar que não acredita que a torcida única seja a melhor solução para combater a violência. O clube vem caminhando em direção oposta ao concentrar esforços em promover a paz nos estádios para, justamente, resgatar a cultura de uma torcida mista.

A experiência no Ba-Vi do último domingo (9) teve considerável aderência, revelando que, de fato, havia uma grande carência deste tipo de torcida, e comprovando que trata-se de um hábito saudável de grande importância na valoração do esporte junto aos torcedores. Não houve registros de confusões nas arquibancadas ou qualquer tipo de transtorno.

A torcida única priva o torcedor de bem de comparecer ao estádio pra ver o seu time do coração. Acreditamos que isto depõe contra o processo de popularização e democratização do futebol enquanto modalidade esportiva e opção de lazer. O esporte, como um todo, deve ser sempre agregador, e toda e qualquer campanha deve ser neste sentido.

Lamentamos os episódios de violência fora do estádio e manifestamos profundo pesar pelo falecimento do jovem torcedor do Esporte Clube Bahia, Carlos Henrique Santos de Deus, vítima desta violência nas ruas. Que haja uma investigação rigorosa, para que os culpados sejam identificados, julgados e condenados, como deve ser todo criminoso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos