Chavez encabeça lista de cortes de Ceni no SP. Veja quem pode sair

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Balbuena marca Chávez em clássico entre São Paulo e Corinthians

    Balbuena marca Chávez em clássico entre São Paulo e Corinthians

O elenco atual do São Paulo conta com 34 atletas, mas, para a sequência da temporada, o técnico Rogério Ceni gostaria de contar com apenas 29. Nessa redução de cinco atletas, há pelo menos duas saídas já certas – a principal delas é do argentino Chavez, camisa 9 em 2016, emprestado pelo Boca Juniors. Além do centroavante, há outros nomes que, até setembro, podem não fazer mais parte do elenco são-paulino.

Confira a lista completa abaixo:

Chavez – saída certa

O argentino está emprestado ao São Paulo até o dia 30 de junho, e não será comprado em definitivo. Pesam contra ele o valor considerado alto, superior a 3,5 milhões de dólares, e a enorme perda de espaço na temporada com a chegada de Pratto e a ascensão de Gilberto. Titular no comando de ataque em 2016, Chavez jogou apenas 342 minutos nesta temporada e retornará ao Boca.

João Schmidt – saída certa

O volante iniciou o ano como titular e era valorizado por Rogério Ceni, mas decidiu não renovar seu contrato, que termina no dia 30 de junho, e já acertou com a Atalanta. Com Jucilei como titular, Ceni deve apostar no jovem Eder Militão, já parte do elenco, para compor o banco de reservas e servir como alternativa.

Neilton – negociável

Emprestado ao São Paulo em troca de Hudson, Neilton não se adaptou ao sistema de jogo de Rogério Ceni e pode deixar o clube. Desfazer a troca é difícil, já que o volante vive boa fase no Cruzeiro. A alternativa estudada é repassá-lo a algum outro clube interessado e evitar prejuízo financeiro.

Douglas – sem permanência garantida

O zagueiro chegou como opção para compor o elenco, mas perdeu espaço com o crescimento de Lucão. Sem escalar o defensor desde o dia 29 de março, o São Paulo está disposto a emprestá-lo caso surja um interessado.

Shaylon – disponível por empréstimo

Considerado uma grande promessa, Shaylon foi integrado aos profissionais, foi titular duas vezes na temporada, mas tem suas oportunidades limitadas com a chegada de Thomaz. Na avaliação do São Paulo, o meio-campista ainda precisa ganhar um pouco de experiência e pode ser emprestado. O Guarani é o principal interessado até o momento.

As decisões passaram todas pela avaliação de Rogério Ceni, e dependem da formação do novo departamento de futebol. A nova diretoria deve ser nomeada até sexta-feira, e o futebol deve ficar sob o comando do ex-diretor de marketing Vinicius Pinotti.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos