M. Mendes "aparou arestas" com elenco do Vasco antes de tensão com Rodrigo

Bruno Braz e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes /Flickr do Vasco

    Milton em conversa com jogadores: elenco tem se incomodado com atitudes do técnico

    Milton em conversa com jogadores: elenco tem se incomodado com atitudes do técnico

A reunião exclusiva entre os jogadores do Vasco para avaliar a postura no dia a dia do técnico Milton Mendes, revelada pelo UOL Esporte na véspera da partida contra a Ponte Preta, trouxe consequências nos bastidores do departamento de futebol do clube. Na concentração da equipe em Campinas (SP), o bate-papo rotineiro entre o treinador e o elenco teve, entre outros temas, os assuntos abordados na reportagem.

Milton, por exemplo, se justificou em relação ao episódio envolvendo o lateral direito Madson, que foi duramente reprimido por ele por ter sentado sobre um galão de água durante uma atividade nos treinos em Pinheiral (RJ) antes do duelo com o Cruzeiro. Mendes lembrou da norma que costuma deixar bem claro de que não aceita seus atletas sentando para descansar em meio aos seus treinamentos.

A conversa foi em tom cordial e não foi única, sendo seguida por outros assuntos do cotidiano do clube e da equipe.

Questionado sobre o tema após o empate em 0 a 0 com a Ponte Preta, Milton Mendes confirmou a reunião, mas classificou a descrição dos episódios como "fora da realidade".

"Quando as vitórias não aparecem, fomentam muita coisa. A realidade é que os jogadores pediram a mim, inclusive, uma reunião para eles terem o seu ponto de vista, falarem sobre eles. Depois, o que vem em cima disso é totalmente fora da realidade. As pessoas estão procurando desestabilizar. Não vamos perder a estabilidade nunca, porque o treinador é um homem equilibrado", disse.

Confusão após empate

O técnico, no entanto, viu seus problemas se alongarem quando se envolveu numa tensa confusão com seu antigo desafeto, o zagueiro Rodrigo, hoje na Ponte Preta. O seu ex-defensor o empurrou três vezes no gramado e foi contido pelo volante vascaíno Jean. Depois da partida, Milton Mendes prestou queixa em uma delegacia de Campinas (SP) contra o experiente jogador.

Rodrigo, entre outros temas de sua entrevista na saída de campo, abordou a situação conflitante que o treinador vive com o elenco cruzmaltino destacada no UOL Esporte.

"Minha história eu já fiz no Vasco. Fui um dos maiores zagueiros-artilheiros. Tenho o maior respeito pela camisa. Ele que tem que ter um pouco mais de respeito com os jogadores que estão lá", alfinetou ao SporTV.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, contra o Palmeiras, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos