Rival do Palmeiras na Libertadores, Tevez costuma ir bem contra brasileiros

Thiago Rocha

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    Tevez participa da pré-temporada do Boca Juniors na Argentina

    Tevez participa da pré-temporada do Boca Juniors na Argentina

Anunciado como reforço do Boca Juniors, na última sexta-feira, Carlos Tevez promete ser a principal estrela da Copa Libertadores deste ano. Pela frente, no Grupo 8 do torneio, terá um velho conhecido: o Palmeiras, contra o qual jogou com a camisa do Corinthians, na década passada.

Vale o alerta aos alviverdes: atenção total com o argentino. Tevez carrega histórico positivo nos confrontos com equipes brasileiras. Que o diga o Santos, vítima do atacante em final de Libertadores. Contra o próprio Palmeiras, aliás, Carlitos nunca saiu de campo derrotado.

O reencontro entre Verdão e o argentino será em abril, pela fase de grupos, nos dias 14, no Allianz Parque, e 25, em La Bombonera.

Retrospecto

Alejandro Pagni/AFP

Em seis partidas contra brasileiros pela competição continental, Tevez acumula três vitórias, dois empates e apenas uma derrota. Marcou apenas um gol em 540 minutos de bola rolando, porém foi um gol decisivo: no jogo de volta da final de 2003, contra o Santos, no Morumbi. O atacante abriu o placar, aos 21 minutos do primeiro tempo, e foi um dos melhores em campo no triunfo por 3 a 1, que garantiu o título ao Boca - na ida, o time de Buenos Aires fez 2 a 0, em casa.

A única derrota ocorreu também em 2003, na histórica vitória do Paysandu por 1 a 0, em La Bombonera, pelas oitavas de final. No reencontro, no Mangueirão, deu Boca: 4 a 2, com três gols de Guillermo Schelotto, que será o treinador de Tevez em 2018.

Os outros duelos com brasileiros na Libertadores ocorreram em 2004, contra o São Caetano, nas quartas de final. Foram dois empates, por 0 a 0 e 1 a 1. Na decisão da vaga nos pênaltis, o Boca se classificou.

Pelo Corinthians, Tevez participou da Libertadores de 2006, mas não cruzou com outros brasileiros na campanha. O Timão acabou eliminado nas oitavas de final pelo maior rival do Boca, o River Plate. Meses depois, o atacante foi negociado com o West Ham, da Inglaterra.

A última vez que Carlitos esteve em campo pelo torneio foi em 2016, em sua segunda passagem pelo Boca Juniors, eliminado nas semifinais pelo Independiente Del Valle, do Equador.

Contra o Verdão

Antônio Gaudério/Folhapress

Jogador do Corinthians entre 2005 e 2006, Tevez enfrentou o Palmeiras em quatro oportunidades. Foram duas vitórias alvinegras e dois empates.

O argentino marcou um gol, no 1 a 1 do dia 16 de outubro de 2005, no Morumbi, pelo Brasileirão. Poderia ter feito outro no clássico, na última vez que encarou o Verdão, pelo Paulistão de 2006, em lance polêmico.

Tevez recebeu lançamento pela esquerda, passou a bola entre as pernas de Leonardo Silva, entrou na área e chutou forte, sem chance para a defesa de Sérgio. No início da jogada, a assistente Ana Paula Oliveira enxergou falta do argentino em cima do defensor do Verdão, e o gol foi anulado.

Nas outras partidas contra o Palmeiras com Carlitos em campo, triunfos do Corinthians por 2 a 0 (Paulistão-2005) e 3 a 1 (primeiro turno do Brasileirão-2005).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos