São Paulo acerta venda de Lucas Pratto ao River Plate por 11,5 mi de euros

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

O São Paulo acertou nesta segunda-feira (8) a venda de Lucas Pratto ao River Plate por 11,5 milhões de euros (R$ 44,3 milhões). Desse montante, 3 milhões serão repassados ao Atlético-MG, que possuía 45% dos direitos do atacante argentino.

Previamente, o valor recebido pelo Atlético-MG seria maior. O clube mineiro, contudo, negociou um desconto com o São Paulo para que o negócio acontecesse. A má situação financeira do Galo foi o motivo para que o acordo com o São Paulo pela venda saísse.

O desejo da transferência partia do próprio Pratto. O atacante desejava voltar a Argentina para ficar mais próximo da filha. Na última sexta-feira (5), Raí, executivo de futebol do São Paulo, já havia deixado em aberto a possibilidade de perder o jogador e exaltou o profissionalismo do atacante.

Em 11 meses no São Paulo, Pratto foi considerado grande estrela, nomeado capitão, considerado exemplo pelos dirigentes e usado até como argumento do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva para justificar a demissão do então técnico Rogério Ceni - o atacante, inclusive, se culpava por não ter conseguido ajudar o ídolo a se manter no cargo. Em campo, jogou 48 vezes e, além dos 14 gols, deu seis assistências.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos