Grupo de Andrés já pensa em substituto de Alessandro se vencer eleição

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Alessandro na apresentação de Sheik; gerente pode sair caso Andrés seja eleito

    Alessandro na apresentação de Sheik; gerente pode sair caso Andrés seja eleito

Embora afirme publicamente que o gerente de futebol Alessandro Nunes será mantido no Corinthians, o grupo de Andrés Sanchez trata como improvável a permanência do lateral campeão mundial caso a situação vença as eleições no dia 3 de fevereiro. As pessoas mais próximas de Alessandro no clube creem que ele irá se demitir se o ex-presidente ganhar o pleito. Gerente da Ponte Preta, Gustavo Bueno é apontado como um possível substituto. Alessandro se tornou persona non grata para o grupo de Andrés quando ficou ao lado do presidente Roberto de Andrade na contratação de Oswaldo de Oliveira, em 2016. Sanchez era contrário à volta do treinador e, por meio de aliados, pediu a cabeça de Alessandro nos meses seguintes.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos