Palmeirenses organizam 'tuitaço' de protesto e cobram 'respeito' da Globo

Do UOL, em São Paulo

A hashtag #GloboRespeiteOPalmeiras se tornou uma das mais mencionadas no Twitter na noite desta quarta-feira, a poucas horas do jogo entre Palmeiras e Novorizontino, que teve transmissão da Globo na TV aberta, pelo Paulistão. O ato foi combinado de forma online por torcedores alviverdes na última terça, como protesto pelo que eles entendem ser uma perseguição da emissora contra o clube.

Já houve protesto durante o jogo: próximo à cabine da TV Globo no Allianz Parque, um grupo de palmeirenses virou-se para gritar ofensas à emissora, sem se referir a algum profissional específico. Veja no vídeo acima.

Entre os motivos mencionados por torcedores, um dos principais é a proposta feita pela Globo ao Palmeiras para exibição de jogos em TV aberta e pay-per-view a partir de 2019. A oferta, rejeitada inicialmente pelo clube, previa uma redução de valores entre 5% e 20% para quando partidas do time também passassem no Esporte Interativo. O Palmeiras assinou com o EI para a TV fechada no período de 2019 a 2024.

Reprodução

Além disso, outros pontos de insatisfação de palmeirenses com a Globo incluem o fato de a emissora não usar o nome Allianz Parque para falar do estádio alviverde; o bandeirão patrocinado pelo canal Premiere, do grupo Globo, dado à torcida do Corinthians no jogo contra o Palmeiras; e a baixa quantidade de jogos do alviverde transmitida pelo canal na TV aberta em comparação com os principais rivais.

A partida contra o Novorizontino, aliás, não seria inicialmente transmitida pela Globo, já que estava marcada para a última terça. Após pedido da Polícia Militar, porém, as datas das quartas de final foram trocadas, e o jogo do Palmeiras passou para quarta, substituindo São Paulo x São Caetano no horário do futebol da emissora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos