Após sacrifício em final e contra Boca, Borja vira desfalque no Palmeiras

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON ALMEIDA/AFP

    Borja é desarmado por Reynoso durante Palmeiras x Boca Juniors na Copa Libertadores

    Borja é desarmado por Reynoso durante Palmeiras x Boca Juniors na Copa Libertadores

Miguel Borja vai ser desfalque do Palmeiras na partida da noite desta segunda-feira (16) contra o Botafogo, na estreia do Brasileirão. Com dores no joelho, o colombiano precisará de tratamento especial para as próximas partidas, apurou o UOL Esporte.

Contra o Boca Juniors, na última quarta-feira, e contra o Corinthians, na final do Paulistão, o atacante jogou sob efeito de remédios mais fortes do que o comum. Na última sexta-feira, depois de um dia de folga, ele nem foi para o gramado com o restante do grupo.

Vale destacar que o pedido pelas infiltrações foi feito pelo próprio atleta, que não queria ter sido poupado das duas partidas mais importantes do ano até então.

Houve a possibilidade de uma artroscopia, mas a operação afastaria o atacante dos gramados por mais de um mês, o que praticamente acabaria com as chances de o camisa 9 disputar a Copa do Mundo, em junho.

Daqui para frente, Borja será avaliado dia a dia para saber em quais jogos ele poderá ser escalado. Depois do jogo contra o Botafogo na noite desta segunda, o Palmeiras volta a campo só no domingo, no dia 22, contra o Internacional, no Pacaembu.

É possível, no entanto, que ele não entre em campo contra os gaúchos para poder viajar com a delegação para o jogo do dia 25, contra o Boca Juniors, em Buenos Aires, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores.

A primeira opção para a ausência de Borja deve ser a escalação de William. Deyverson, no entanto, tem recebido cada vez mais chances de Roger Machado e também pode ser uma alternativa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos