Premiação de Lucas Lima vira imbróglio com Santos, agente e até Neymar pai

Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Lucas Lima comemora gol contra o Cruzeiro no Pacaembu

    Lucas Lima comemora gol contra o Cruzeiro no Pacaembu

Uma série de premiações devidas a Lucas Lima pelo Santos entre 2015 e 2016 viraram um imbróglio com várias partes envolvidas. Agente do meia, Edson Khodor cobra do alvinegro R$ 735 mil referente a metas atingidas pelo jogador com a camisa do clube (vaga no G4 no Brasileiro e classificações para finais e semifinais do Paulista). Em sua defesa, a diretoria santista apresenta uma carta de Lucas, assinada pelo advogado Gustavo Xisto, que trabalha para as empresas de Neymar pai.

Lucas cedeu a exploração de sua imagem a Khodor e ao fundo Doyen através de um contrato em 2014. Em 2016, o acordo foi modificado para incluir a N & N Consultoria, uma das empresas de Neymar pai, que cuida da carreira do atleta em parceria com Khodor. Com os direitos de imagem do meio campista em mãos, Khodor assinou com Santos um contrato de direitos de imagem, com anuência de Lucas Lima, estabelecendo os pagamentos a serem feitos pelo alvinegro.

Desde 2015, o contrato entre Khodor e Santos passou a incluir as premiações por metas atingidas. Os valores, que totalizam R$ 735 mil não foram pagos, o que levou o agente a acionar a Justiça, cobrando a quantia.

Em sua defesa, o Santos apresentou uma carta de Lucas Lima, que desautoriza os pagamentos a Khodor, diz que são indevidos e exige que o clube pague diretamente ao jogador. Quem assina o documento é Gustavo Xisto, advogado de Lucas e um dos braços direitos de Neymar pai, em tese parceiro de Khodor.

Reprodução

O imbróglio sugere um afastamento entre Neymar pai e Khodor, e uma aproximação de Lucas Lima e do pai do camisa da seleção brasileira com o Santos. As partes, entretanto, não confirmam que seja o caso.

Pessoas ligadas à N & N consultoria não falam em ruptura com o parceiro na gestão de carreira de Lucas Lima, e negam uma aproximação com o Santos. Khodor apenas afirma que está buscando seus direitos previstos em contrato, e que tão logo receba repassará a Lucas tudo o que for de direito do atleta.

O meia trocou o Santos pela Palmeiras no começo de 2018, em negociação com participação fundamental de Neymar pai. O alvinegro ainda deve verbas rescisórias, e recentemente fez um acordo para pagar uma divida de direitos de imagem atrasados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos