Topo

Futebol


Santos fecha com Sampaoli e espera técnico no sábado para assinar contrato

JOHN SIBLEY/REUTERS
Argentino receberá US$ 166 mil (cerca de R$ 644 mil) por mês para comandar o Santos Imagem: JOHN SIBLEY/REUTERS

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

2018-12-13T13:44:31

13/12/2018 13h44

O Santos encaminhou o acerto com o técnico Jorge Sampaoli, de 58 anos, sem clube desde o desligamento da seleção argentina, em julho deste ano. Segundo apurou o UOL Esporte, a diretoria passou a colocar o técnico como "plano A" após descobrir que o argentino mais badalado custava praticamente o mesmo valor de Arial Holan, técnico do Independiente.

A diretoria santista acertou salários de US$ 2 milhões por temporada (cerca de R$ 7,7 milhões) com Sampaoli. Desta forma, o técnico argentino receberá US$ 166 mil (equivalente a R$ 644 mil) por mês.

Holan, por sua vez, receberia no Santos cerca de US$ 1,6 milhão (R$ 6,1 milhões) por temporada. Sendo assim, o argentino ganharia US$ 133 mil por mês (R$ 512 mil), além de luvas e premiações por metas alcançadas no alvinegro praiano.

A diretoria santista espera Sampaoli no Brasil no próximo sábado para assinatura contratual. A reportagem ainda apurou que o técnico argentino deve fechar vínculo de dois anos, quando termina o contrato do presidente José Carlos Peres.

A cúpula alvinegra já pagou a passagem de Sampaoli, seu empresário, seu estafe e parte de sua comissão técnica.

O Santos já acena com a contratação no Twitter. O clube fez postagem com o emoticon de olhos e de uma bandeira argentina na manhã desta quinta-feira e, no início da tarde, confirmou a contratação.

"Santos FC e Jorge Sampaoli têm um aceite assinado na proposta para que o argentino seja o treinador da equipe em 2019. Os últimos detalhes e a assinatura do contrato devem ser finalizados em encontros presenciais neste final de semana", diz a postagem.

O Santos alega que Jorge Sampaoli assinou pré-contrato com o clube e só vem ao Brasil no sábado para discutir o planejamento par 2019. A assessoria do técnico argentino confirma o encontro para este fim de semana e diz que o treinador vem com a sua comissão técnica. Eles também descartaram que o Sampaoli possa "recuar" devido a sondagens do futebol dos Estados Unidos.

O UOL revelou na última quarta-feira que o Santos cogitava fechar com Sampaoli mesmo antes de esperar a resposta de Ariel Holan, que precisa quebrar a multa rescisória de R$ 1 milhão com o Independiente.

Esta não é a primeira vez que o Sampaoli, com passagens por seleção do Chile, Sevilla-ESP e pela Universidad de Chile-CHI, tem o nome ligado ao clube. Ainda este ano, o assessor do treinador afirmou publicamente que ele foi procurado pelo Santos, o clube negou na ocasião.

Antes de definir pela chegada do técnico Cuca, o clube idealizou uma aposta em um nome internacional. Com isso, Juan Carlos Osório, que estava se desligando da seleção mexicana e hoje treina o Paraguai, e Jorge Sampaoli, foram procurados.

José Pékerman já era "plano B" do Santos

O presidente José Carlos Peres emitiu nota oficial dizendo que o Santos precisa ser ousado no mercado apesar de ter orçamento inferior aos rivais. Ele disse isso para explicar a contratação de Jorge Sampaoli. E o mandátario estava empenhado a fazer uma contratação de peso para o cargo. Caso Sampaoli recusasse, o clube paulista já estava decidido que não iria esperar mais por Ariel Holan e partiria para cima de José Pékerman, técnico que deixou a seleção colombiana após a Copa do Mundo, da Rússia.

Mais Futebol