Corinthians aguarda Giovanni Augusto para dar adeus ao "pacote de 2016"

Arthur Sandes

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

    O meia Giovanni Augusto não faz parte dos planos de Carille para a atual temporada

    O meia Giovanni Augusto não faz parte dos planos de Carille para a atual temporada

O Corinthians deve encerrar em breve a era dos contratados no "pacote de 2016". Após os empréstimos de Marlone e Guilherme nos últimos dias, resta ao clube apenas definir o futuro de Giovanni Augusto para dar adeus a uma leva de jogadores contratados há três anos. O meia tem proposta do futebol turco e também despertou interesse do Coritiba.

Em 2016, o Corinthians precisou ir ao mercado da bola às pressas por causa do desmanche sofrido pelo elenco então campeão brasileiro. Gil, Ralf, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Vagner Love foram vendidos em questão de semanas, e as reposições que chegaram não estiveram à altura. 

Dos todos os reforços contratados naquele ano, somente Balbuena se firmou e quase todos saíram pela porta dos fundos. Os mais caros foram André, Marlone, Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel, que juntos custaram R$ 35 milhões e tiveram custo-benefício abaixo da crítica.

Entre os 15 contratados pelo Corinthians naquela temporada, Giovanni Augusto é o último que resta no CT Joaquim Grava. Marlone e Guilherme também voltaram de empréstimo após um ano longe, mas foram negociados por mais uma temporada com Goiás e Bahia, respectivamente. Os dois têm contrato até dezembro e a tendência é que não vistam mais a camisa alvinegra; o mesmo deve acontecer com Giovanni.

O meio-campista defendeu o Vasco da Gama no passado, mas o clube carioca preferiu não mantê-lo para investir seu salário em outros jogadores. Assim, Giovanni Augusto se reapresentou no CT Joaquim Grava no último dia 7 e desde então treina à parte do elenco neste início de pré-temporada. Ele é um dos quatro atletas que estão no clube mas fora dos planos do técnico Fábio Carille, junto a Bruno Paulo, Warian e Júnior Dutra.

Giovanni à parte, o Corinthians ainda tem vínculo com Marquinhos Gabriel até junho de 2020. O meia está emprestado até maio ao Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, mas é alvo de uma investida do Grêmio e pode mudar de ares nos próximos dias.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos