Topo

Futebol


Luan supera lesão e ganha treino especial para voltar ao Grêmio

Lucas Uebel/Grêmio
Meia-atacante fez tratamento especial para superar lesão na sola do pé Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

2019-01-09T04:00:00

09/01/2019 04h00

O ano de 2018 terminou mais cedo para Luan, em reflexo da fascite plantar, mas a nova temporada tem sido de dias normais. Recuperado da inflamação no pé direito, o meia-atacante do Grêmio tem treinado normalmente e está liberado pelos médicos para voltar a jogar. A data do retorno depende de Renato Gaúcho, porém até lá a rotina terá uma dose extra de cuidado.

Desde a semana passada, quando o Grêmio se reapresentou em Porto Alegre, Luan tem recebido atenção especial da preparação física. O cuidado é justamente pelas consequências da lesão na sola do pé que tanto incomodou ao longo do ano passado.

"Temos tentado evitar uma sobrecarga. Ele não vai deixar de fazer nenhuma atividade, mas pode fazer de formas diferentes. A gente procura individualizar o trabalho com ele, procura elaborar e escolher atividades para que ele não fique em déficit", disse Rogério Dias, preparador físico do Grêmio.

Aos 25 anos, Luan jogou pela última vez em 14 de outubro do ano passado. O camisa 7 saiu durante a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, em São Paulo, e não voltou mais a campo. Primeiro foi o quadro extremo de inflamação na fáscia plantar. Depois, lesão muscular. E na sequência, novas dores na sola do pé. Como resultado, nada de jogos por quase três meses.

A pré-temporada servirá para que Luan também consiga recuperar a musculatura como um todo. Destaque do Grêmio desde 2015, o meia-atacante é um dos mais visados por marcadores e o fato é considerado na preparação diária.

"Temos que proteger ele muscularmente. Ele sofre muita pancada, até por ser marcado de perto. Temos procurado proteger ele de ações desnecessárias", comentou Dias.

Eleito melhor jogador da América do Sul em 2017, em tradicional votação organizada pelo jornal El País, Luan virou personagem no início da atual janela de transferências no Brasil. O nome dele rodou pela mesa de dirigentes de Cruzeiro, Flamengo, São Paulo e Palmeiras. O Grêmio atribui a empresários o fato de o jogador ter sido oferecido a outros clubes, mas não descarta uma eventual transferência se os termos foram sedutores.

Luan tem contrato em Porto Alegre até o final de 2020 e esteve envolvido nas negociações entre Grêmio e Cruzeiro por Thiago Neves. O alto salário, a lesão crônica no pé e o comportamento extracampo fizeram os dirigentes considerarem a transferência.

Mais Futebol