Zé Roberto vê Dudu focado no Palmeiras: "Sem bochechinha e sem barriguinha"

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

    Com contrato até 2022, Dudu se exercita na pré-temporada do Palmeiras

    Com contrato até 2022, Dudu se exercita na pré-temporada do Palmeiras

O assessor técnico do Palmeiras, Zé Roberto, afirmou nesta quinta-feira (10) que nunca viu Dudu tão focado em uma pré-temporada. O ex-jogador, que vai se despedir dos gramados em jogo festivo no próximo domingo (13), conhece o camisa 7 alviverde desde que atuaram juntos no Grêmio em 2014. E brincou que, desta vez, o atacante voltou das férias sem "bochechinha ou barriguinha".

"É a primeira vez que pego ele em uma reapresentação para a pré-temporada sem bochechinha e sem barriguinha. Sinal de que ele se cuidou, comeu menos, bebeu menos, mostra que está focado. Nos treinamentos, não preciso nem falar. Então a gente espera que o Dudu continue com a gente, claro. A representatividade dele dentro do clube, não tem nem muito o que falar. Com certeza virão propostas, o Palmeiras vai fazer de tudo para que ele permaneça, mas até o momento o que a gente tem que pensar é o foco no treino, na pré-temporada", disse Zé Roberto.

"Minha relação com o Dudu não aconteceu aqui no Palmeiras, a gente já se conhecia desde o Grêmio, concentrávamos juntos e criou-se uma amizade entre as famílias. É um cara que cresceu muito na carreira dele a partir do momento em que ele entendeu que precisava ponderar algumas questões. Ainda jogando com ele, a gente conversava bastante e eu percebi que ele teve uma mudança muito rápida. A maior prova disso é o próprio futebol dele, que cresceu de uma forma que hoje, para mim, ele é considerado o melhor jogador na atualidade no Brasil", continuou Zé.

Destaque do título brasileiro do Palmeiras no ano passado, Dudu tem contrato com o Palmeiras até 2022, mas desperta interesse do futebol chinês. Ele já ficou perto de sair para o país asiático várias vezes - a última delas, no meio de 2018, quando o Verdão recusou uma proposta de 15 milhões de euros para segurá-lo. O clube, por enquanto, não recebeu nenhuma nova proposta oficial, mas disse que "fará de tudo" para manter o atacante.

Para Zé Roberto, o Palmeiras acerta em fazer da permanência de Dudu e de outras peças importantes do título de 2018 uma prioridade. O dirigente afirmou que o elenco alviverde pode montar praticamente dois times com a mesma qualidade, e que isso foi fundamental para a equipe chegar nas fases decisivas de todas as competições que disputou no último ano.

"No calendário do Brasil, você precisa ter um grupo com um número que o treinador queira trabalhar, mas também jogadores com as mesmas qualidades. Então você ter o privilégio de ter praticamente duas equipes para disputar a temporada é importante. A maior prova é que o Palmeiras no ano passado chegou nas finais ou bem próximo de todas que disputou. Final do Paulista, semi de Libertadores e Copa do Brasil, e campeão brasileiro, porque teve um grupo qualificado".

"A partir do momento em que os jogadores entenderam que era necessário disputar essas competições com duas equipes, respeitando as escolhas do treinador, isso facilitou muito o trabalho e o respeito dos atletas. E manter o grupo foi importante, porque novos desafios virão. Chegaram contratações que vão ajudar o clube nessa fase, que vão ser muitos jogos. Então eu vejo esse número de jogadores como uma coisa muito positiva", disse Zé.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos