"Milionário", Cruzeiro pode voltar a carga para tentar levar Bruno Henrique

Enrico Bruno e Samir Carvalho

Do UOL, em Belo Horizonte e em Santos

  • Ivan Storti/Santos FC

    Cruzeiro estuda voltar a fazer contato com o Santos para levar Bruno Henrique

    Cruzeiro estuda voltar a fazer contato com o Santos para levar Bruno Henrique

Com os cofres cheios por causa da saída de Arrascaeta, o agora "milionário" Cruzeiro pode voltar sua carga na contratação de Bruno Henrique. O atacante do Santos é desejo antigo de Mano Menezes e do vice de futebol, Itair Machado, que estuda a possibilidade de fazer um novo contato para reabrir as conversas sobre o jogador.

Bruno não tem o status de inegociável no Santos, e a diretoria poderá liberá-lo para o time que fizer a maior proposta pelo atacante. Recentemente, o Flamengo foi o mais novo interessado em tirar o jogador da Vila Belmiro. As negociações já se arrastam há alguns dias, e a última resposta da cúpula alvinegra era de que o jogador poderia sair mediante uma proposta entre R$ 23 milhões e R$ 27 milhões, além de dois jogadores do rubro-negro, um por empréstimo e outro em definitivo.

No final do ano passado, o Cruzeiro já tentou levar Bruno Henrique, mas travou na pedida do Santos. Desta vez, além de colocar dinheiro em uma futura proposta, a diretoria do também estuda envolver algum ou mais de um jogador para conseguir um desfecho positivo na negociação.

Vale lembrar que o Peixe está à procura de um atacante para repor a saída de Gabigol, hoje no Flamengo. Ciente que o Santos tem interesse em Raniel, a Raposa está disposta a envolver seu atleta em uma eventual negociação. No entanto, os mineiros gostariam de manter parte dos direitos econômicos do atleta para garantir faturamento em uma eventual venda para o exterior.

Para liberar Arrascaeta, o Cruzeiro cedeu 50% do jogador por 13 milhões de euros (R$ 54,6 milhões) - divididos entre clube e supermercados BH, parceiro para investimento em reforços. A diretoria celeste utilizará parte da verba para quitar dívidas mais emergenciais. Ainda assim, a maior parte do dinheiro será para repor a saída do uruguaio.

Bruno Henrique tem contrato com o Santos até o início de 2021. O atacante foi comprado do Wolfsburg em 2017, custando 4 milhões de euros. Até aqui, Bruno marcou 20 gols em 85 jogos com a camisa do Peixe.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos