Topo

Futebol


Tite defende Fernandinho e diz ter "muito orgulho" de ser técnico dele

REUTERS/Sergio Perez
Imagem: REUTERS/Sergio Perez

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris (FRA)

28/01/2019 12h56

O técnico Tite defendeu o volante Fernandinho. Criticado após a eliminação para a Bélgica na Copa do Mundo, o jogador do Manchester City disse recentemente que conversou com o treinador, mas não confirmou sua disposição de retornar à seleção brasileira.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (28), em Paris, na França, Tite rasgou elogios ao jogador. "Tenho muito orgulho de estar técnico da seleção e ter o Fernandinho como atleta. Sob dois pontos de vista: técnico, porque joga muito, e pessoal, porque tem um caráter extraordinário. Tenho muito orgulho de ser técnico dele", disse.

Leia também:

Em entrevistas recentes ao jornal O Globo e ao Sportv, o treinador da seleção declarou que só não convocou Fernandinho depois do Mundial de 2018 por decisão do próprio jogador, que já havia ficado marcado pela histórica goleada sofrida para a Alemanha quatro anos antes, no Mineirão. Na Rússia, diante dos belgas, ele substituiu Casemiro, suspenso, marcou um gol contra e teve atuação criticada.

Fernandinho se encontrará com membros da comissão técnica da seleção brasileira no dia 3 de fevereiro. O auxiliar-técnico, Cléber Xavier, e o analista de desempenho, Fernando Lázaro, acompanharão o duelo entre Manchester City e Arsenal, pelo Campeonato Inglês.

Mais Futebol