Topo

Futebol


Goleiro Jairo, ídolo de Corinthians e Coritiba, morre aos 72 anos

Goleiro Jairo faleceu nesta quarta: recordista por Timão e Coxa - Reprodução
Goleiro Jairo faleceu nesta quarta: recordista por Timão e Coxa Imagem: Reprodução

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

06/02/2019 12h45

O ex-goleiro Jairo do Nascimento, recordista de minutos sem levar gols pelo Corinthians e também pelo Coritiba, além de ser o jogador que mais atuou pelo Coxa, morreu na manhã desta quarta-feira em Curitiba, vítima de um raro câncer nos rins, aos 72 anos. Ele não resistiu a um quadro de pneumonia. Jairo estava em tratamento, custeado após mobilizações de torcedores, do Corinthians e do Coritiba.

Jairo foi o goleiro do Timão na segunda partida das finais do Paulistão de 1977, quando o Corinthians estava há 22 anos sem títulos. Foi o recordista nacional de minutos sem levar gols em 1978, quando passou 1.132 minutos sem ser vazado. O goleiro chegou ao Corinthians em 1976 e saiu em 1979, indo para o Náutico. Teve um atrito público com o ex-presidente Vicente Matheus, quando voltou em 1980, e então não permaneceu no Timão.

Ele já havia defendido o Coritiba entre 1972 e 1976, quando também ganhou os títulos do Torneio do Povo e cinco estaduais do Paraná e se tornou o atleta a mais vezes vestir a camisa do clube, 410 jogos. Em 1972, Jairo ficou 905 minutos tem tomar gol com a camisa alviverde, recorde do clube até hoje e nacional até ele próprio superar a marca com a camisa corintiana. Em 1985, Jairo fazia parte do elenco campeão brasileiro pelo Coritiba. Ele ainda ganhou o Robertão de 1970 pelo Fluminense.

Jairo estreou no Corinthians na Copa Libertadores de 1976

Band Esportes

Mais Futebol