Topo

Atlético-MG empata com o Defensor em casa e avança na Libertadores

Réver em ação pelo Atlético-MG contra o Defensor pela Copa Libertadores 2019 - Pedro Vale/AGIF
Réver em ação pelo Atlético-MG contra o Defensor pela Copa Libertadores 2019 Imagem: Pedro Vale/AGIF

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

27/02/2019 23h23

O Atlético-MG está classificado para a fase de grupos da Copa Libertadores da América. Com um a menos desde os 10 minutos do segundo tempo - Zé Welison foi expulso -, os mineiros empataram em 0 a 0 com o Defensor Sporting, do Uruguai, na noite de hoje, no estádio Independência, em Belo Horizonte, e asseguraram a vaga.

No jogo de ida, o Galo havia vencido o time uruguaio por 2 a 0, com gols de Réver e Juan Cazares, no estádio Luis Franzini, em Montevidéu. A equipe poderia até perder por um gol de diferença que se classificaria.

Com o resultado, o Atlético entrará no Grupo E do torneio, ao lado de Cerro Porteño, Nacional e Zamora. A estreia no torneio será no dia 6 de março (quarta-feira), às 19h15 (de Brasília), em Belo Horizonte, contra o Cerro.

O melhor: Cazares volta a aparecer e acerta até bola na trave

Juan Cazares é o grande nome do Atlético-MG no ano ao lado de Ricardo Oliveira. O camisa 10 voltou a aparecer no jogo decisivo. Ele acertou a trave em uma bela jogada individual pelo lado esquerdo do ataque e cobrou falta raspando o travessão de Rodríguez. O meia-atacante ainda deu passes precisos para os colegas chegarem pelos lados do gramado.

O pior: Zé Welison é expulso de forma infantil

Escolhido por Levir Culpi para a vaga de Yimmi Chará, Zé Welison até teve atuação razoável, sobretudo do ponto de vista defensivo. No entanto, a expulsão no segundo tempo em uma falta infantil foi o suficiente para dar ao jogador o rótulo de pior em campo. Ele recebeu o segundo amarelo ao matar um contra-ataque no meio de campo. Desta forma, acabou expulso e desfalcou o Galo no duelo.

Luan aparece bem e cria boas chances

Escalado pelos lados do campo, Luan fez boa partida pelo Galo na noite de hoje. O camisa 5 deu passes em profundidade e criou boas chances para seus companheiros de equipe. A melhor foi em um passe de trivela na direção de Fábio Santos. O lateral esquerdo apareceu na área e por pouco não estufou a rede de Gastón Rodríguez.

Elias encontra dificuldade para exercer função

Elias não teve uma atuação tão convincente na nova função. O meio-campista foi escalado pelos lados do gramado, como ponta, e pouco acrescentou. A principal jogada do camisa 7 foi um contra-ataque, ainda no primeiro tempo. No entanto, no geral, teve dificuldades para criar na nova posição. A grande virtude do atleta foi a marcação. Ele soube recompor com qualidade e auxiliou muito os laterais Patric e Fábio Santos, já que revezou constantemente com Luan.

Adilson erra muitos passes na saída de bola 

Adilson fez boa partida do ponto de vista da marcação. Firme, foi um leão no sistema defensivo e impediu que o time adversário levasse perigo ao gol de Victor. No entanto, cometeu erros crassos na saída de bola. O volante chegou a errar dois passes consecutivos e irritou parte da torcida. No entanto, o restante do público o elogiou. Levir Culpi, inclusive, tentou apoiá-lo do banco de reservas.

Atlético-MG cria as melhores chances pela esquerda

O lado esquerdo do ataque foi o melhor do Atlético-MG no confronto. Por ali, o Galo criou as melhores chances de balançar a rede de Rodríguez. O time acertou a trave adversária com com Juan Cazares e Fábio Santos obrigou o goleiro rival a fazer uma bela defesa após passe de trivela de Luan.

Placa de substituições não funciona, e arbitragem usa papelão

A placa eletrônica utilizada para sinalizar substituições e acréscimos não funcionou no jogo ocorrido na noite de hoje, no Independência. Com isso, o quarteto de arbitragem precisou utilizar pedaços de papelão para informar as substituições. 

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG x DEFENSOR SPORTING

Motivo: volta da terceira fase da Copa Libertadores
Local: Arena Independência, em Belo Horizonte
Data: 27 de fevereiro de 2019 (quarta-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Rojas (COL)
Cartão amarelo: Zé Welison, Adilson, Jair (Atlético-MG); Álvaro González, Correa, Villoldo (Defensor)
Cartão vermelho: Zé Welison (Atlético-MG)

Atlético-MG
Victor; Patric, Réver, Igor Rabello e Fábio Santos; Adilson, Elias, Juan Cazares e Luan (Jair); José Welison e Ricardo Oliveira (Yimmi Chará).
Técnico: Levir Culpi.

Defensor Sporting
Rodríguez; Beltrán, Perg, Correa e Villoldo; Rabuñal, Napoli (Laquintana), Álvaro González e Ergas (Álvaro Navarro); Pablo López (Piquerez) e Nicólas González.
Técnico: Jorge Da Silva.