Topo

Futebol


Low anuncia renovação na Alemanha e não convocará Boateng, Hummels e Muller

Thomas Muller atuou em três edições da Copa do Mundo, com um título e dez gols marcados - Julian Finney/Getty Images
Thomas Muller atuou em três edições da Copa do Mundo, com um título e dez gols marcados
Imagem: Julian Finney/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

05/03/2019 13h25

Um trio de jogadores campeões mundiais pela seleção da Alemanha em 2014, no Brasil, deixará de ser convocado pelo técnico Joaquim Low em nome de uma renovação antes das Eliminatórias para a próxima edição da Eurocopa, no ano que vem. Jerome Boateng, de 30 anos, Mats Hummels, também de 30 anos, e Thomas Muller, aos 29, não estão mais nos planos do comandante e o Bayern de Munique, clube que os três defendem atualmente, já foi notificado. Boateng, aliás, repercutiu a decisão do comandante da seleção em seu Twitter.

LEIA MAIS

"Joaquim Low informou-me hoje em uma conversa sincera que não farei mais parte da seleção alemã. Ele quer oferecer a chance a jovens jogadores nos próximos torneios. Estou triste com a notícia porque sempre foi a melhor coisa para mim representar meu país. No entanto, respeito o novo rumo e entendo a decisão do treinador. Eu mesmo quando era jovem confiava em jogadores mais velhos para abrirem espaço para mim. Mas estou convencido de que posso continuar a jogar no mais alto nível e continuarei a fazê-lo (...) Sempre tive muito orgulho de vestir a camisa da seleção e nunca vou esquecer 2014, em particular. Claro, eu teria desejado outra despedida para nós", escreveu o jogador multicampeão.

Boateng atuou 76 vezes pela seleção alemã e fez um gol, enquanto Hummels esteve em campo 70 vezes e marcou 5 gols e Muller jogou 100 partidas, com 38 gols marcados. A decisão foi anunciada aos jogadores por Low na companhia de seu auxiliar, Marcus Song, e de Oliver Bierhoff, diretor de seleções da federação alemã. De acordo com o conceituado site da revista "Kicker", a notícia causou "total surpresa e decepção no trio". 

A Alemanha estreia em 2019 no próximo dia 20 de março, em Wolfsburg, contra a Sérvia, e quatro dias depois tem o primeiro desafio pelas Eliminatórias da Eurocopa. "É um ano de recomeços. Queremos dar uma cara nova à equipe e estou convencido de que é o passo certo", disse Low após o encontro com os campeões mundiais. Entre os veteranos, seguirão sendo convocados nomes como Manuel Neuer, Toni Kroos e Marco Reus, mas jovens tendem a ganhar espaço, como Niklas Sule (Bayern de Munique), Jonathan Tah (Bayer Leverkusen), Thilo Kehrer (PSG), Matthias Ginter (Borussia Monchengladbach) e Antonio Rudiger (Chelsea). 

A Alemanha foi eliminada na primeira fase da Copa do Mundo da Rússia, no ano passado, e desde então há cobrança por renovação no futebol local.

Mais Futebol