Topo

Real Madrid


Éder Militão fecha com o Real Madrid e é o primeiro reforço de Zidane

Andreas Solaro/AFP
Eder Militão em ação pelo Porto em jogo contra a Roma na Liga dos Campeões Imagem: Andreas Solaro/AFP

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

2019-03-13T21:41:52

13/03/2019 21h41

O Real Madrid acertou a contratação de Éder Militão, atualmente no Porto. O ex-jogador do São Paulo é o primeiro reforço do clube espanhol desde a volta do técnico Zinedine Zidane. A informação foi publicada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo UOL Esporte.

O São Paulo tinha direito a 13% do jogador quando o negociou com o Porto em julho do ano passado. São 10% de venda futura, pela qual o clube paulista receberá 4,5 milhões de euros, o que vale R$ 19,4 milhões (seriam 5 milhões de euros, mas o time português descontará a comissão e pagará 10% sobre os 4,5 milhões de euros). Os outros 3% são de mecanismo de solidariedade, equivalentes a 1,3 milhão de euro (R$ 5,6 milhões). Somados os valores, o São Paulo receberá 5,8 milhões na venda ao Real.

Já na transferência aos portugueses, o time tricolor faturou 4 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões), o que dá um total de 9,8 milhões de euros (R$ 43,1 milhões) na soma das duas vendas.

O clube do Morumbi tem meta de arrecadação com vendas para 2019 estimada em R$ 120 milhões. O número não é absoluto, é uma média baseada em anos anteriores, e nem precisa ser seguido à risca, embora seja o norte das operações.

Antes de Militão, o São Paulo arrecadou 6,7 milhões de euros, ou R$ 28,5 milhões, com as vendas de Rodrigo Caio ao Flamengo por 5 milhões de euros (R$ 21,7 milhões) e Tuta ao Eintracht Frankfurt por 1,7 milhão de euros (R$ 7,2 milhões).

Agora com a venda do zagueiro, o montante deve saltar para até 12,5 milhões de euros (R$ 54 milhões), pouco menos da metade da meta estipulada.

O time tricolor ainda tem outros nomes como potenciais vendas até o fim do ano, entre eles o meia Lucas Fernandes, atualmente emprestado ao Portimonense, de Portugal.

No Real Madrid, Militão poderá atuar como lateral-direito, no lugar do titular Carvajal, ou na zaga, que atualmente é formada por Sergio Ramos e Varane, com Nacho como principal opção no banco.

Siga o UOL Esporte no

Mais Real Madrid