Topo

Santos

Expulso no último jogo, Cueva tem início pior do que Bryan Ruiz no Santos

Ivan Storti/Santos FC
Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-04-17T12:00:00

17/04/2019 12h00

O meia Christian Cueva ainda não mostrou a que veio no Santos. O peruano já soma 10 jogos com a camisa do Santos e não marcou nenhum gol, nem sequer deu alguma assistência, números inferiores aos do encostado Bryan Ruiz em seu início no Peixe.

Em seus primeiros 10 jogos pelo Santos, o meia costarriquenho foi titular em apenas dois, mas mesmo assim deu ao menos uma assistência, logo em seu primeiro jogo, para o gol de Eduardo Sasha. Em sua 11ª partida, Bryan Ruiz deu mais uma assistência.

Foram, ao todo, 412 minutos de Bryan Ruiz em campo no ano passado. Neste ano, o meia de 33 anos não aguentou o ritmo forte de treinos do técnico Jorge Sampaoli e pediu para ser negociado. O argentino, que não fazia questão de ter o jogador no elenco, não se opôs.

Cueva, apesar de ter menos jogos totais do que Ruiz, já soma mais minutos do que o costarriquenho. Oito vezes titular do time, o peruano tem 574 minutos com a camisa do Peixe e ainda tem o scout zerado em matéria de gols e assistências.

Na partida decisiva do mata-mata de hoje, contra o Vasco, às 19h15, pela quarta fase da Copa do Brasil, na Vila Belmiro, o peruano não estará à disposição. Ele foi expulso no último jogo após entrar na partida aos 34 minutos do segundo tempo, após um entrada imprudente por cima do adversário no último minuto da vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, quando a partida já estava resolvida.

Contratado por R$ 26 milhões junto ao Krasnodar, da Rússia, Cueva tem contrato com o Santos até o final de 2022. Já Bryan Ruiz, que veio após o término de seu vínculo com o Sporting, de Portugal, no meio do ano passado, assinou até dezembro de 2020, mas segue fora dos planos no Peixe e aguarda propostas para deixar o clube.