Topo

Santos

Antes de encerrar jejum, Jean Mota entrou em campo com neto de Sampaoli

Divulgação/Santos
Imagem: Divulgação/Santos

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-04-18T12:00:00

18/04/2019 12h00

O meia Jean Mota anotou o segundo gol do Santos na vitória sobre o Vasco por 2 a 0, na noite de ontem na Vila Belmiro, em jogo válido pela quarta fase da Copa do Brasil. O tento encerrou um jejum de gols que já durava mais de um mês.

Antes disso, o camisa 41 entrou em campo com Benício, de dois anos, neto do técnico Jorge Sampaoli e que veio ao Brasil pela primeira vez desde que o argentino assumiu o Santos.

"Família por perto faz muito bem. Benício em campo nos deu alegria, entrou com Jean e ele nos deu o segundo gol. Feliz por isso", comemorou Sampaoli em entrevista coletiva após o jogo.

Aos 21 minutos do segundo tempo, Jean Mota deu um corte seco na zaga do Vasco e abriu espaço para, de fora da área, acertar um chute preciso no cantinho e quebrar o jejum de gols. A última vez havia sido no dia 7 de março, na vitória sobre o América-RN, pela Copa do Brasil.

Nesse meio tempo, porém, Jean Mota manteve o posto de artilheiro do time e seguiu distribuindo assistências. As duas na segunda partida diante do Atlético-GO, para os gols de Sánchez e Rodrygo, deram ao meia a liderança da equipe no quesito.

Após quase ter saído por empréstimo para o Bahia, tendo permanecido apenas por pedido do Jorge Sampaoli, Jean Mota se tornou peça fundamental do Peixe na temporada, o que mostra que o argentino acertou em pedir por seu permanência.