Topo

Futebol


Odair não vê interferência de sua expulsão em derrota nos pênaltis do Inter

Jeferson Guareze/AGIF
Odair Hellmann, durante partida entre Grêmio e Inter. O treinador foi expulso no jogo Imagem: Jeferson Guareze/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

2019-04-18T01:20:38

18/04/2019 01h20

O técnico Odair Hellmann não viu influência entre a sua expulsão, junto a D'Alessandro, no segundo tempo, e a derrota do Inter nos pênaltis para o Grêmio em jogo de volta da final do Campeonato Gaúcho. Após o vice-campeonato, o treinador disse que a partida foi parelha e que o resultado negativo foi definido em detalhes.

"Quero dizer ao nosso torcedor que fizemos este campeonato e duas finais buscando o título para eles. Nós todos não conseguimos por detalhes. As duas finais foram 0 a 0, e essa decisão por pênaltis, por detalhes", disse o técnico, que se negou a falar de arbitragem.

Odair foi expulso junto com D'Alessandro ao reclamar do pênalti marcado sobre Cortez com auxílio do árbitro de vídeo. O treinador só deixou o campo ao ser acompanhado por homens da Brigada Militar. Ficou no corredor que leva ao vestiário acompanhando a partida.

Mas após o jogo, disse que não viu influência entre o ocorrido e a derrota nos pênaltis para o Grêmio.

"Já estava definido o pênalti, não teve influência. Trabalhamos todos os dias. Tínhamos uma lista definida, mais ou menos definida porque podem acontecer substituições. Estava dentro do que planejamos de batedores, de conseguirmos ter alguns jogadores do banco em campo. Quero parabenizar o grupo pelo enfrentamento. E nos pênaltis vocês sabem. Eu participei do ouro olímpico, e conquistamos nos pênaltis. Hoje não veio nos pênaltis", disse o treinador que era auxiliar de Rogério Micale na seleção brasileira.

A perda do título gaúcho foi tratada com naturalidade após o jogo. Visivelmente chateado, o técnico colorado tratou de usar suas palavras para motivar o elenco.

"Quero dizer ao torcedor que mesmo neste momento duro, neste momento de não-conquista de título, que podem ter certeza que nas outras competições que temos vamos disputar para coroar este ano com um título. Este grupo demonstrou neste campeonato, na Libertadores, que está no caminho para vencer. Tenho certeza disso. Hoje não deu, saímos doloridos, mas certamente vamos conquistar", finalizou.

Sem o Campeonato Gaúcho, o Inter volta a campo apenas pela Libertadores, na próxima quarta-feira, no Peru contra o Alianza Lima.

Mais Futebol