Topo

Vasco

Valentim não resiste à perda do título para o Fla e é demitido pelo Vasco

Siga o UOL Esporte no

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-04-21T19:03:28

21/04/2019 19h03

O técnico Alberto Valentim não resistiu após a derrota por 2 a 0 para o Flamengo hoje, que selou o vice-campeonato carioca do Vasco, e foi demitido pelo clube.

"Embora a gente entenda que o trabalho tenha sido bom, a pressão que um clube como o Vasco tem é muito grande. Enquanto a pressão era só na direção a gente segurou, mas percebemos que ela estava se alastrando para a equipe", declarou o presidente vascaíno Alexandre Campello.

O dirigente ressaltou que até mesmo a integridade física do técnico estava em risco diante da forte cobrança da torcida:

"A partir do momento que existe pressão muito grande que, de certa forma, põe em risco até a integridade do treinador... E quando achamos que essa pressão começou a atingir também os jogadores, optamos por essa decisão".

Alberto Valentim já vinha sofrendo um forte questionamento interno e externo e muitos já davam sua saída como certa caso não conquistasse o título estadual.

O ex-comandante vascaíno sequer apareceu na sala de imprensa para conceder entrevista coletiva. Ele se despediu de jogadores e funcionários e foi embora do Maracanã sem falar com a imprensa.

Já o presidente do clube, Alexandre Campello, se reuniu à portas fechadas no vestiário do estádio com elenco e dirigentes.

A diretoria agora avalia nomes para substituí-lo. Por enquanto, ficou decidido que o técnico do sub-20, Marcos Valadares, vice-campeão da Copa São Paulo de futebol júnior, comandará a equipe interinamente com o auxílio de Ramon Menezes.

Assim como na final do Campeonato Carioca, o Vasco também perdeu seu primeiro jogo na Copa do Brasil contra o Santos por 2 a 0 e terá que inverter o placar para ficar com uma vaga nas oitavas de final.