Topo

Futebol


Polícia mantém dois suspeitos presos por ligação com morte de Valdiram

Reprodução Instagram
Imagem: Reprodução Instagram

Karla Torralba*

Do UOL, em São Paulo

2019-04-22T13:16:38

22/04/2019 13h16

A Polícia Civil de São Paulo investiga a morte do ex-jogador do Vasco Valdiram, encontrado sem vida na última sexta (19), em uma rua na zona norte de São Paulo e dois suspeitos seguirão detidos por pelo menos mais 30 dias para a continuidade das investigações.

As identidades dos dois não foram divulgadas e as investigações seguem. A polícia investiga a morte do ex-jogador como homicídio simples. Segundo o boletim de ocorrência registrado, o corpo de Valdiram tinha hematomas no corpo e na face.

Depois de ouvir três suspeitos ontem, um deles foi solto por "não haver elementos que comprovem sua participação no crime". Os detidos está no 2º DP do Bom Retiro, em São Paulo.

A causa da morte ainda não foi divulgada oficialmente e só será conhecida após a conclusão dos laudos do Instituto Médico Legal (IML). O boletim de ocorrência cita que "a vítima já estava morta com ferimentos aparentemente causados por pauladas" quando os policiais militares chegaram.

Valdiram era ex-jogador de futebol e se destacou no Vasco em 2006, quando foi artilheiro da Copa do Brasil. O atleta ainda voltou ao clube em 2015. Atualmente ele vivia nas ruas e sofria com a dependência química.

*Colaborou, Beatriz Cesarini, do UOL, em São Paulo

Mais Futebol