Topo

Futebol


Everton faz dois, Grêmio vence Libertad e aumenta chances na Libertadores

REUTERS/Jorge Adorno
Meia-atacante abriu placar com um golaço e ainda fez o segundo gol do Grêmio, na etapa final Imagem: REUTERS/Jorge Adorno

Do UOL, em Porto Alegre

2019-04-23T21:06:46

23/04/2019 21h06

O Grêmio segue vivíssimo na Libertadores 2019. Hoje (23), o time gaúcho venceu o Libertad por 2 a 0, no Paraguai, com dois gols de Everton - o primeiro foi um golaço. A atuação teve dois tempos distintos, mas foi suficiente para manter a equipe em duelo particular com a Universidade Católica em busca da segunda vaga no grupo H.

A partida também encerrou com o 100% de aproveitamento do Libertad, um dos melhores times da Libertadores até então.

Com sete pontos, o Grêmio assume temporariamente o segundo lugar na chave. Amanhã, a Universidad Católica, que soma seis pontos, visita o Rosario Central, que tem apenas um, antes do encontro com os gaúchos. Se o time chileno não vencer, a equipe gremista chega na última rodada em vantagem.

O Grêmio volta a campo no domingo (28), em casa, contra o Santos, em sua estreia no Brasileirão. O jogo será às 11h (horário de Brasília). A próxima partida pela Libertadores acontecerá em 8 de maio, contra a Universidad Católica, na Arena.

Quem foi bem: Jean Pyerre

Herdeiro da vaga de Luan, o camisa 21 desfilou bons passes curtos e longos. Apareceu na área para finalizar e parou nas mãos de Martín Silva. No segundo tempo, fez grande jogada individual e acertou o travessão. Só não foi mais destaque da partida pela oscilação particular e pelo brilho de Everton.

Quem decepcionou: Cortez

O lateral esquerdo foi um dos mais acionados pelo Grêmio na hora de atacar, mas errou vários cruzamentos. Maior precisão no fundamento teria ajudado o time gaúcho a balançar as redes mais vezes e a decidir a partida mais cedo.

Grêmio chega a ter 84% da posse de bola

O velho Grêmio do meio-campo dominante apareceu em Assunção. Com Matheus Henrique, Maicon e Jean Pyerre intensos, o setor empurrou o Libertad para atrás, e o time gaúcho chegou a bater 83,9% de posse de bola em determinado momento da primeira etapa. O domínio maciço fez o gol nascer sem maiores problemas.

Everton faz golaço e vira Trending Topic

A boa atuação virou vantagem no placar com Everton, e a internet explodiu. Após dar dois cortes e finalizar com precisão no ângulo, o jogador do Grêmio foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter no Brasil. O camisa 11 ainda teve outras duas chances para balançar as redes, mas faltou pontaria e sorte. No fim da partida, ele completou jogada de Pepê com drible e chute forte para ampliar.

Libertad reage, e Grêmio sente saída de Maicon

O resultado parcial fez o Libertad atacar mais depois do intervalo. A postura diferente do time da casa se juntou à troca feita por Renato no vestiário. Sem Maicon e com Michel, o Grêmio passou a ter menos a bola e foi pressionado. Contou com boa atuação de Geromel, Kannemann e Paulo Victor para segurar a vitória. O goleiro executou defesa incrível à queima-roupa nos últimos minutos.

Diego Tardelli para em Martín Silva

Antes da pressão final do Libertad, o Grêmio teve chances para ampliar. Jean Pyerre acertou o travessão, e Tardelli, que entrou na vaga de André, puxou contra-ataque rápido. O chute do camisa 9, no entanto, parou nas mãos de Martín Silva, ex-Vasco.

FICHA TÉCNICA
LIBERTAD 0 X 2 GRÊMIO

Data e hora: 23/04/2019 (terca-feira), às 19h15 (horário de Brasília)
Local: estádio Defensores Del Chaco, em Assunção (PAR)
Árbitro: Alexis Herrera (VEN)
Auxiliares: Jorge Urrego (VEN) e Tulio Moreno (VEN)
Cartões amarelos: Lucena, Benítez, Luis Cardoso (LIB); Matheus Henrique, André (GRE)
Gols: Everton, aos 28 minutos do primeiro tempo (GRE); Everton, aos 39 minutos do segundo tempo (GRE)

LIBERTAD: Martín Silva; Iván Piris, Luis Cardoso, Canale e Matias Espinosa; Mejía, Bareiro, Angel Lucena (Recalde), Cristian Riveros (Alán Benítez) e Edgar Benítez (Martínez); Oscar Cardozo
Técnico: José Chamot

GRÊMIO: Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Michel) e Matheus Henrique; Alisson (Pepê), Jean Pyerre e Everton; André (Diego Tardelli)
Técnico: Renato Gaúcho

Mais Futebol