Topo

Futebol


Thiago Neves marca, Cruzeiro bate o Ceará e vence a primeira no Brasileirão

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-05-01T21:10:20

01/05/2019 21h10

Depois de perder para o Flamengo na estreia, o Cruzeiro se recuperou nesta segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando no Mineirão contra o Ceará, a equipe celeste fez o suficiente para sair de campo com uma vitória por 1 a 0. O autor do gol foi Thiago Neves, que marcou pela primeira vez na temporada.

Mesmo jogando diante do seu torcedor, o Cruzeiro teve dificuldades para superar o Vozão, que vendeu caro o triunfo em Belo Horizonte. Fábio chegou a defender um pênalti cobrado por Ricardo Bueno no primeiro tempo.

Com o resultado, as duas equipes têm agora três pontos nos primeiros seis disputados. No fim de semana, o Cruzeiro ainda tem outra partida em casa, dessa vez contra o Goiás. O Ceará, por sua vez, vai receber o Atlético-MG.

Quem foi bem: Thiago Neves e Fábio

Por causa do gol e da boa partida, Thiago Neves poderia ser premiado como melhor jogador em campo. Mas o mérito precisa ser dividido com o goleiro Fábio. Além de pegar um pênalti quando a partida ainda estava 0 a 0, o camisa 1 da Raposa fez pelo menos outras três defesas importantes.

VAR age em pênalti do Ceará, e Fábio defende

O Cruzeiro começou o jogo com a posse, mas precisou rodar demais a bola por causa do bom posicionamento defensivo do Ceará. Além de se fechar bem, a equipe visitante ameaçou em bola desviada que quase matou o goleiro Fábio. Aos 14 minutos, a bola tocou no braço de Lucas Romero dentro da área, e o árbitro marcou pênalti após revisar o lance no monitor do VAR. Ricardo Bueno foi para a batida, mas Fábio brilhou pela 26ª vez nesse quesito desde que chegou ao clube e impediu o gol do Vozão.

Postura do Ceará limita criatividade do Cruzeiro

A penalidade não convertida tirou o ímpeto do Ceará. Mais animado, o Cruzeiro equilibrou as forças, chegando a carimbar a trave com Edílson. De volta ao time, Thiago Neves e Robinho começaram a aparecer, assim como as enfiadas de bola para o atacante Fred. Outro que se destacou foi David, que entrou ligado em campo após Marquinhos Gabriel reclamar de dores na coxa. No fim do primeiro tempo, o Ceará marcou com Chico, mas a arbitragem nem precisou do VAR para anular o impedimento de Ricardo Bueno no lance.

"Reservas" voltam bem, e blitz termina em gol

Com um forte elenco à disposição, o técnico Mano Menezes se deu ao luxo de poupar alguns jogadores desgastados. Desta vez, Pedro Rocha, Rodriguinho e o capitão Henrique nem sequer foram ao Mineirão. Thiago Neves, Robinho e Ariel Cabral começaram a partida entre os titulares e corresponderam à altura. No início da etapa final, Robinho finalizou após boa trama com David e o goleiro deu rebote. Thiago Neves apareceu na área para completar para o gol e inaugurar o placar.

Cruzeiro garante vitória com milagres de Fábio

Competente tanto para se defender quanto para sair rapidamente ao ataque, o Cruzeiro viveu um cenário que o agrada bastante em campo. Em desvantagem, o Ceará precisou avançar suas linhas, oferecendo espaços antes difíceis de encontrar. A resposta celeste foi explorar principalmente as ligações diretas com seus homens de frente. Quando o Vozão chegou à área, Fábio fez a diferença, interferindo diretamente em mais duas jogadas que poderiam terminar em gol do adversário.

Setor popular enche e faz sucesso no Mineirão

A partida também marcou a estreia do setor popular. A partir de agora, todos os jogos do Cruzeiro no Mineirão terão 6.850 ingressos no valor de R$10. Diferente de outros compromissos com públicos médios, o local ficou tão cheio quanto o setor oposto, onde ficam algumas das organizadas do Cruzeiro.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 CEARÁ

Motivo: 2ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 1º de maio, às 19h15 (de Brasília)
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Neuza Ines Back (SP)
Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)
GOL: Thiago Neves, 4'2ºT (1-0)
Cartões amarelos: Lucas Romero (CRU)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 17.778 pagantes/22.677 presentes/R$265.043,00

Cruzeiro: Fábio, Edílson, Léo, Dedé e Dodô; Ariel Cabral (Lucas Silva, 30'2ºT), Lucas Romero; Thiago Neves (Jadson, 33'2ºT), Robinho e Marquinhos Gabriel (David, 22'1ºT); Fred. Técnico: Mano Menezes.

Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Thiago Alves, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Auremir, Fabinho e Ricardinho (Fernando Sobral, 26'2ºT); Leandro Carvalho, Chico (Bergson, 32'2ºT) e Ricardo Bueno (Roger, 37'2ºT). Técnico: Enderson Moreira.

Mais Futebol