Topo

Vasco

Luxa pede em 1ª reunião que time do Vasco esqueça início ruim no Brasileiro

Rafael Ribeiro / Vasco.com.br
Técnico Vanderlei Luxemburgo em seu primeiro dia de treino pelo Vasco no CT do Almirante Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco.com.br

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-05-15T04:00:00

15/05/2019 04h00

Lanterna, com apenas um ponto e a defesa mais vazada do Campeonato Brasileiro. As quatro primeiras rodadas do Vasco na competição foram decepcionantes, mas para Vanderlei Luxemburgo, novo treinador da equipe, isso em nada importa a partir de agora. Em sua primeira reunião com o elenco já como comandante ontem (14), o técnico pediu para que os jogadores deixassem para trás os resultados ruins. A ideia é começar do zero.

No bate-papo de cerca de meia hora antes de seu primeiro treinamento no CT do Almirante, Luxa também frisou a importância de representar o clube, reforçando o peso da camisa cruzmaltina.

O diálogo franco foi visto com bons olhos pelos atletas. Capitão da equipe, o zagueiro Leandro Castan acredita que com o experiente treinador o time irá dar uma guinada no Brasileirão.

"Acho que agora é vida nova. O professor conversou com a gente. O que ficou para trás não importa e nós temos agora um recomeço. Tivemos um começo ruim de competição, largamos mal no campeonato, mas temos oportunidade de já no domingo (contra o Avaí) fazermos uma grande partida. A ideia é dar uma arrancada no campeonato. Nossa equipe não merece estar ali e, agora com a ajuda do professor, tenho certeza que vamos sair dessa situação", disse.

Início discreto

Quem esperava um Luxemburgo enérgico em seu primeiro treinamento no Vasco, se surpreendeu com uma postura totalmente contrária. O treinador preferiu ficar mais em observação ao lado do presidente do clube, Alexandre Campello, enquanto seu auxiliar Mauricio Copertino comandava um coletivo entre reservas e jogadores que não participaram da derrota no último domingo para o Santos.

Luxa terá sua primeira prova de fogo no próximo domingo (19), contra o Avaí, em São Januário, num jogo que já ganhou um grau de importância grande, uma vez que os catarinenses são vistos como adversários diretos na parte debaixo da tabela.