Topo

Futebol


Novo advogado orienta Najila a preservar imagem e a cortar remédios

Reprodução/SBT
Imagem: Reprodução/SBT

Luiza Oliveira

Do UOL, em São Paulo

2019-06-15T04:00:00

15/06/2019 04h00

O novo advogado de Najila Trindade, a mulher que acusa Neymar de estupro, vai orientá-la a se resguardar. Cosme Araújo, que está vindo de Ilhéus-BA para trabalhar no caso, conversou com sua cliente e pediu para que ela pare de dar entrevistas, descanse e tenha contato apenas com pessoas de seu ciclo mais íntimo, como a mãe e o pai.

Ele também a aconselhou a tentar diminuir o volume de medicação. Segundo Cosme, a modelo conta com acompanhamento médico. "Orientamos para que ela diminua um pouco a medicação e procure descansar. Ela está com dificuldade de concatenar as ideias em função do desgaste emocional. Está sob cuidados médicos em função do estresse, está com um pequeno começo de depressão. Para que a patologia não avance, o médico também pediu para não ter contato com o público e evitar a pressão", afirmou Araújo ao UOL Esporte.

"Eu falei a ela para não dar entrevista por enquanto. As pessoas estão deturpando as entrevistas que ela está dando. Ela não afirmou que a polícia é comprada. Ela fez uma pergunta. E já estão querendo processá-la", disse o advogado, completando. "Ela alega que estava dopada. Se você assistir, ela não estava em boas condições, estava muito para baixo".

A preocupação do advogado tem relação com as polêmicas criadas nos últimos dias. Najila Trindade acabou se envolvendo em outros inquéritos policiais não ligados diretamente à acusação de estupro contra Neymar. Nesta semana, em uma entrevista ao SBT, ela afirmou: "É, mas a polícia está comprada né? Ou não? Ou eu estou louca?". A declaração era uma resposta ao questionamento do repórter Roberto Cabrini sobre uma suposta invasão de seu apartamento.

A Polícia Civil reagiu à acusação. O delegado titular da Equipe de Intervenção Estratégica da 6ª Delegacia Seccional de Polícia de Santo Amaro, José Fernando Bessa Júnior, registrou um boletim de difamação contra Najila em nome dos policiais civis. A Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo e o Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo publicaram uma nota repudiando a acusação.

Outro boletim de ocorrência foi feito por um porteiro do prédio em que ela mora. Ele foi à delegacia para falar sobre o arrombamento e acabou pedindo uma medida restritiva contra a modelo alegando que ela o teria ameaçado.

Na semana passada, ela já havia se envolvido em outra polêmica. Reportou que um tablet em que estaria o vídeo de seu segundo encontro com Neymar, considerado uma das maiores provas do inquérito sobre estupro, teria sido furtado em uma invasão a seu apartamento. A Polícia Civil ainda aguarda o laudo da perícia sobre isso.

Cosme Araújo deixa claro, no entanto, que o "resguardo" será apenas para que sua cliente se recupere do choque. Ele afirma que a intenção de Najila não é se esconder, mas estar apta a apresentar suas posições sobre os fatos e confrontar as versões que a denigrem.

"Estão passando para o Brasil que ela é a criminosa, a vilã. Parece que ela que estuprou o Neymar, quando na verdade ela que é a vítima. Ninguém a conhece. Como exemplo, ela deixou os advogados porque quebraram uma relação de confiança", ressalta Araújo.

A nova postura é também uma questão de segurança. Desde que registrou o boletim de ocorrência contra Neymar, Najila Trindade foi alçada ao julgamento da opinião pública e vem convivendo com ameaças frequentes. "Ela já tem evitado sair na rua por medo de ser assassinada. Ela não pode ir à padaria porque virou um monstro. Ela já recebeu recado pelo telefone 'se cuide' e já ouviu na rua 'você vai morrer'".

Cosme Araújo é o quarto advogado a representar Najila desde o dia 15 de maio, data do encontro com Neymar. Primeiramente, ela foi aconselhada por José Edgard Bueno. Quando ela foi à polícia e oficializou a acusação de estupro, estava ao lado de Yasmin Pastore Abdalla que também deixou o caso. Logo depois, Danilo Garcia de Andrade assumiu a representação, mas abriu mão da posição na última segunda-feira.

Mais Futebol