Topo

Seleção Brasileira


Sem Bolsonaro, com Safadão: como foi o vestiário em estreia da seleção

Reprodução/Instagram
Coutinho recebeu o troféu de melhor em campo das mãos de Wesley Safadão Imagem: Reprodução/Instagram

Bruno Grossi, Danilo Lavieri, Marcel Rizzo e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo

2019-06-15T04:00:00

15/06/2019 04h00

Em processo de aproximação com a direção da Confederação Brasileira de Futebol, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, marcou presença na vitória da seleção sobre a Bolívia por 3 a 0, ontem, no Morumbi, na abertura da Copa América. Discreto, Bolsonaro não discursou e nem se aproximou dos jogadores, assistindo à partida na área vip e interagindo com os presidentes da CBF, Rogério Caboclo, e da Conmebol, Alejandro Dominguez.

Foi o segundo jogo da seleção com a presença de Bolsonaro nos últimos dias. No último dia 5, ele foi a Brasília e assistiu ao amistoso diante do Qatar, no Mané Garrincha. Depois da vitória por 2 a 0, visitou o hospital no qual Neymar fazia exames no tornozelo, e apoiou o atacante, que sofre uma acusação de estupro da modelo Najila Trindade. O camisa 10 foi cortado na mesma noite. Desta vez, quem transitou pelo ambiente dos atletas foi o cantor Wesley Safadão.

Reprodução/Instagram
Safadão foi ao vestiário da seleção brasileira e tietou jogadores como Thiago Silva, Willian e o coordenador Edu Imagem: Reprodução/Instagram

A visita de Bolsonaro Neymar foi a maior interação com jogadores. O estafe do presidente chegou a falar em ida ao vestiário, mas isso não aconteceu em nenhuma das partidas. O presidente chegou a posar para fotos no Morumbi com o ex-jogador Cafu, mas não esteve com os comandados de Tite.

Quem teve acesso ao vestiário, a convite dos jogadores, foi Wesley Safadão. Querido pelos atletas, o cantor entregou o prêmio de melhor jogador da partida a Coutinho e foi chamado para confratenizar com a equipe.

Lucas Lima/UOL
Presidente Jair Bolsonaro (centro) assistiu ao jogo em área vip e não foi ao vestiário da seleção brasileira Imagem: Lucas Lima/UOL

No vestiário, Safadão tietou os jogadores, tirou fotos e postou nas redes sociais. Até o coordenador técnico da seleção, Edu Gaspar, foi alvo de uma foto.

Depois de estrear com vitória sobre a Bolívia, o Brasil ainda treina em São Paulo hoje, às 15h, no CT do Palmeiras, na Barra Funda. Depois, segue viagem para Salvador, onde enfrenta a Venezuela, na quarta-feira, na Fonte Nova.

Reprodução/Instagram
Wesley Safadão ainda posou para fotos com Richarlison (e), Lucas Paquetá (c) e Daniel Alves (d) Imagem: Reprodução/Instagram

Mais Seleção Brasileira