Topo

Professores do Colégio Vasco da Gama mantêm greve após reunião com o clube

Alunos do Colégio Vasco da Gama estão sem aulas por conta de luto e greve dos professores - Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco
Alunos do Colégio Vasco da Gama estão sem aulas por conta de luto e greve dos professores Imagem: Carlos Gregório Júnior / Site oficial do Vasco

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/08/2019 16h46

Os professores do Colégio Vasco da Gama - instituição de ensino situada dentro de São Januário que atende atletas do clube - informaram em comunicado que mantiveram a greve estabelecida desde a última segunda-feira (5) por conta dos salários atrasados.

Professores do Colégio Vasco da Gama informaram que mantiveram a greve por conta dos atrasados - Divulgação
Professores do Colégio Vasco da Gama informaram que mantiveram a greve por conta dos atrasados
Imagem: Divulgação

Os funcionários relataram terem se reunido com o vice-presidente Social cruzmaltino, Marcos Macedo, e com a equipe pedagógica do colégio, e que ouviram dos mesmos que ainda não há uma previsão de pagamentos.

Os professores alegam estarem com os salários de junho e julho em atraso, e que a grande maioria também não recebeu o mês de maio (apenas 10% teriam recebido).

Na última segunda-feira o Vasco garantiu ter pago maio a 227 funcionários que recebem até R$ 1.500.

Vale lembrar que, além da greve, as aulas estão suspensas por conta do luto de três dias em função da morte do ex-presidente Antônio Soares Calçada.

Veja a íntegra do comunicado:

"Nós, professores do Colégio Vasco da Gama, vimos através deste informativo esclarecer alguns pontos de grande importância para os pais/responsáveis e alunos.

Hoje, após a reunião com a direção e equipe pedagógica do colégio e com o vice-presidente social do clube, Sr. Marcos Macedo, lamentavelmente tivemos a informação de que não tem previsão alguma dos pagamentos em atrasos, referentes aos meses de maio, junho e julho. Diante do NÃO pagamento e nenhuma previsão, INFORMAMOS A CONTINUIDADE DA GREVE. Ressaltamos que a totalidade dos funcionários do colégio não recebeu o pagamento de maio/2019 e que apenas 10% do total de funcionários recebeu esse pagamento.

Pedimos a COMPREENSÃO de todos (diretoria, torcida, pais e alunos) diante da nossa GRAVÍSSIMA situação financeira,

Esperamos que se resolvam as pendências financeiras o quanto antes para que possamos cumprir com o nosso compromisso de fazer esse colégio um lugar de excelência!

Att; Professores do Colégio Vasco da Gama".