Topo

Futebol


10 anos depois, "DVD" ainda embala duelo entre Inter e Corinthians

 Keiny Andrade/Folha Imagem
Imagem: Keiny Andrade/Folha Imagem

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

10/08/2019 20h00

Era junho de 2009, Inter e Corinthians decidiam o título da Copa do Brasil. E na semana que antecedeu a decisão, um dossiê apontando supostos erros de arbitragem que beneficiariam o time paulista fez nascer uma rivalidade que segue até os dias de hoje. Os equívocos, sob a ótica do Inter, foram entregues à CBF em DVD. E o disco ainda embala o duelo que se repete neste domingo, às 11h (de Brasília), no Beira-Rio, pela 14ª rodada do Brasileiro.

O Corinthians foi campeão daquela Copa do Brasil. E nos anos seguintes, a cada triunfo contra o Colorado citava o DVD. Frases como "Põe no DVD", ou "Digno de DVD", tomaram redes sociais oficiais e até foram reproduzidas em telões durante vitórias do Timão.

Nem mesmo competições de base passaram batidas. Quando tirou o Inter da Copa São Paulo de 2017, o Corinthians usou as redes sociais para provocar o Inter promovendo um "DVD infantil".

O Colorado pagou na mesma moeda. A cada oportunidade, citava o mesmo DVD para cornetar o Timão. Em 2015, por exemplo, no primeiro jogo entre eles pelo Brasileiro o Corinthians colocou no telão de sua casa "#põenodvd" após vencer o jogo. O Inter, quando derrotou o rival de virada no jogo do Beira-Rio, escreveu "digno de DVD" em seu perfil oficial no Twitter.

Autor do DVD admite erro

Em 2017, entrevistado pelo UOL Esporte, o ex-dirigente do Inter, Fernando Carvalho, admitiu que o DVD foi um erro.

"Eu acho que não devia ter feito. Aquilo foi ruim para o clube, foi ruim para mim. Mas não sei se não faria de novo. Às vezes o momento que a gente vive te leva a tomar a atitude. Hoje, bem mais calmo e tranquilo, com várias coisas que aconteceram depois, acho que foi um erro. Foi um erro. Não sei se tinha de ter agido daquela maneira. Sem dúvida foi um erro", disse.

No entanto, Carvalho lembrou que a rivalidade entre Inter e Corinthians já existia antes disso. Com o Brasileiro de 1976 vencido pelo Inter e a disputa entre os dois times até o fim do Brasileiro de 2005, que acabou com título do Corinhtians após anulação de jogos do campeonato e um polêmico lance no duelo entre eles em que Paulo César Tinga sofreria pênalti do goleiro Fábio Costa, mas o árbitro não marcou e ainda expulsou o jogador do time gaúcho.

"A rivalidade começou de uma forma tênue em 1976, quando ganhamos o Brasileiro. Depois tinha uma certa rivalidade dependendo da situação dos dois times, ela crescia e diminuía. A partir de 2005, no campeonato que o Corinthians foi beneficiado pelas decisões do tribunal, realmente virou uma grande rivalidade", concluiu Carvalho na ocasião.

Se passaram 10 anos, mas Inter e Corinthians segue sendo sinônimo de "corneta com DVD". Resta saber qual lado que vai poder utilizar o disco como motivo de piada.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X CORINTHIANS

Data e hora: 11/08/2019 (domingo), às 11h (de Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: PPV
Árbitro: Caio Max Vieira (RN)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (SC) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
Árbitro de vídeo: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Cuesta e Uendel; Rithely, Nonato, Patrick, D'Alessandro, Nico López; Paolo Guerrero
Técnico: Odair Hellmann

CORINTHIANS: Cássio; Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Junior Urso e Sornoza; Pedrinho, Clayson e Vagner Love
Técnico: Fábio Carille

Mais Futebol