Palmeiras procura Atlético-MG e anima Marcos Rocha: "foi o ponto final lá"

  • REUTERS/Paulo Whitaker

    Marcos Rocha mostrou seu desejo de permanecer no Palmeiras

    Marcos Rocha mostrou seu desejo de permanecer no Palmeiras

"Houve contato com o Atlético-MG. Estamos tentando a manutenção do Marcos Rocha para a próxima temporada também." Essa declaração foi dada por Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras, minutos depois de o time erguer o troféu de campeão brasileiro. E animou o lateral-direito, único do elenco que ainda não teve o contrato renovado.

Leia também:

Marcos Rocha está emprestado pelo Galo até dia 31, com seus direitos econômicos fixados em 2 milhões de euros (quase R$ 9 milhões). O lateral-direito, que fará 30 anos no próximo dia 11, sente que o próprio clube mineiro, pelo qual foi campeão de Libertadores, Recopa Sul-Americana e Copa do Brasil e tetracampeão estadual (2012, 2013, 2015 e 2017) encerrou sua história ao emprestá-lo para o Verdão neste ano.

Confira abaixo a entrevista exclusiva de Marcos Rocha ao Lance!:

LANCE!: Qual é a importância do título brasileiro?

Marcos Rocha: Estou bastante feliz, né? Já tenho Libertadores, agora coloco o Brasileiro no currículo, com uma grande equipe como o Palmeiras. Agora é projetar 2019 um pouco diferente, tentando ganhar mais títulos. Isso será importante. Nossa torcida tem o desejo da Libertadores e vamos trabalhar para, em 2019, chegar a todas as finais e conseguir mais títulos para ter outra festa bonita. Agradeço à torcida pelo apoio durante 2018. Pode ter certeza de que, em 2019, vamos tentar dar continuidade ao nosso trabalho.

Você já está falando em 2019. Vai ficar?

Estou bastante feliz e adaptado ao Palmeiras. Sei que o Palmeiras já fez o primeiro contato com o Atlético-MG. E falo como jogador do Palmeiras porque tenho contrato até o dia 31. Agora é aguardar para a decisão ser boa para mim, para o Atlético-MG e para o Palmeiras para 2019 ser bastante especial.

O seu desejo é ficar?

Sim. O pessoal já sabe a minha vontade. Tenho uma linda história dentro do Atlético-MG, sou muito grato ao Atlético-MG por tudo que fizeram por mim e pela minha carreira. Mas, no ano passado, quando optaram pelo meu empréstimo, senti que foi um ponto final que colocaram na minha história. Eu tinha outros pensamentos vestindo a camisa do Atlético-MG, e todos lá sabiam, mas, naquele momento, ninguém respeitou.

Você sofreu com lesões neste ano e perdeu espaço no Palmeiras...

Projeto mais sorte e menos lesões no ano que vem. Tive uma lesão na panturrilha direita que me deixou quase dois meses afastado, foi bastante chata. Mas o importante foi que o Mayke, a partir do momento em que entrou, conseguiu manter o mesmo padrão de jogo, ajudou bastante os nossos companheiros. Deve ser coroado como o melhor lateral do Brasil. É parabenizar o Mayke pelo trabalho dele também, isso mostra a força do elenco do Palmeiras.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos