Weidman diz se sentir mal e afirma ter treinado golpe que quebrou canela

Do UOL, em São Paulo

Após vencer pela segunda vez Anderson Silva, o norte-americano Chris Weidman - atual detentor do cinturão dos pesos-médios - revelou que trabalhou forte para bloquear os chutes do brasileiro durante o UFC 168, ocorrido na madrugada deste domingo, mas não contava com a fratura da canela.

"Na hora em que fiz o primeiro bloqueio eu sabia que ele tinha se machucado. Na segunda tentativa dele vi que ele tinha se machucado muito, mas não tinha certeza que ele tinha quebrado a até ele colocar o pé no chão e cair", descreveu Weidman.

Anderson Silva sofreu uma fratura da tíbia e da fíbula da perna esquerda durante o segundo round do combate e deixou o octógono gritando de dor, sendo levado para o hospital para operar e evitar que a lesão se agravasse. A expectativa atual é que ele fique cerca de seis meses afastado das lutas.

"Quando vi que tinha quebrado a perna dele, me senti mal", revelou o campeão da sua categoria, que já havia demonstrado respeito pelo adversário. "Ele ainda é o melhor de todos os tempos. Esse cara merece muito que Deus o abençoe", disse Weidman ainda no ringue.

O norte-americano ainda revelou que treinou intensamente bloqueios contra os chutes do brasileiro, considerado pelo atual campeão dos pesos-médios o ponto forte de Anderson.

  • 18169
  • true
  • http://esporte.uol.com.br/enquetes/2013/12/29/qual-deve-ser-o-futuro-de-anderson-silva-apos-a-fratura-no-ufc-168.js

"Na última luta, uma das coisas que ele fez de melhor foram os golpes com a perna", analisou. "Foi o que mais focamos: parar os chutes. Tinha feito este bloqueio algumas vezes, mas quebrar uma perna eu nunca tinha feito", lamentou.

"Não acho que foi um acidente por eu ter tentado bloquear um chute e isso ter funcionado. Se eu não tivesse feito isso eu teria me machucado", ponderou.

Com esta vitória, Weidman deve ser desafiado por outro veterano brasileiro: Vitor Belfort, de 36 anos, que vem de três vitórias seguidas e já havia acertado previamente com Dana White, dono do UFC, que iria lutar pelo cinturão dos médios com o vencedor da última deste final de semana.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos