Topo

MMA

McGregor deixa delegacia algemado e é acusado de um crime e três delitos

Do UOL, em São Paulo

06/04/2018 11h38

A confusão causada por Conor McGregor na última quinta-feira (5) ainda rende. O irlandês deixou uma das delegacias de Nova York algemado a um tribunal do Brooklyn (EUA). Ele enfrentará quatro acusações no julgamento, entre elas, agressão e crime doloso.

Sem motivação aparente, Conor McGregor invadiu o estacionamento do ginásio Barclays Center, no bairro do Brooklyn, e, acompanhado de outras seis pessoas, iniciou um ataque ao ônibus dos atletas, possivelmente à procura do rival Khabib Nurmagomedov.

irlandês se entregou à polícia na madrugada desta sexta-feira. O julgamento de McGregor deve acontecer ainda nesta sexta-feira.

Por causa da confusão, três lutas foram retiradas do card do UFC 223. Artem Lobov, parceiro de treino de McGregor e presente na confusão, estava escalado para enfrentar Alex Caceres, mas foi expulso pela organização.

Além deles, Michael Chiesa e Ray Borg, vítimas dos estilhaços dos vidros quebrados pelos ataques ao ônibus, foram vetados pela Comissão Atlética de Nova York de se apresentarem no show contra Anthony Pettis e Brandon Moreno, respectivamente.

Em entrevista ao programa 'First Things First', Dana White revelou que já entrou em contato com McGregor, mas deixou clara a sua insatisfação com o maior atleta da organização. O dirigente ainda garantiu que a troca de mensagens aconteceu um pouco antes do atleta se entregar para as autoridades locais e não foi agradável.

"Não acho que ele tenha entendido o que aconteceu. Na verdade, não é que ele não tenha entendido, mas ele justificou. Ele justificou as atitudes dele: 'Me desculpe pelo Mike, me desculpe pela Rose e por quem mais se machucou, mas era o que precisava ser feito'", narrou o cartola.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!