Topo

Esporte


Cielo classifica ouro nos 50 m borboleta como a medalha mais difícil da vida

FRANCOIS XAVIER MARIT/AFP
Cesar Cielo comemora depois de vencer os 50 m borboleta no Mundial de Xangai Imagem: FRANCOIS XAVIER MARIT/AFP

Das agências internacionais

Em Xangai (China)

25/07/2011 09h39

O nadador brasileiro Cesar Cielo desabafou após a conquista da medalha de ouro nos 50 m borboleta na manhã desta segunda-feira na primeira final disputada pelo Mundial de Xangai depois de se livrar de suspensão por doping.

“Me sinto como se Deus tivesse me abençoado. Essa medalha de ouro é diferente das outras. Esta foi a mais difícil da minha vida”, afirmou Cielo. "Eu não esperava ganhar a medalha de ouro de qualquer forma. É o maior resultado da minha vida", completou.

CIELO É OURO NOS 50 M BORBOLETA

  • Em sua primeira final após ter se livrado de caso de suspensão por doping, Cesar Cielo conquistou a medalha de ouro nos 50 m borboleta no Mundial de Xangai e chegou à sua terceira conquista mundial ao vencer a prova em 23s10.Leia mais

Cielo venceu com o tempo de 23s10 em Xangai para superar os australianos Matthew Targett e Geoff Huegill, apenas quatro dias depois de receber da Corte Arbitral do Esporte (CAS) a permissão para competir com a confirmação de uma advertência pelo caso de doping com a substância diurética furosemida.

“Foi um tempo difícil. Um momento de testar não apenas minha habilidade para nadar, mas também o quanto eu posso alcançar. Eu estou realmente muito orgulhoso por poder competir com os melhores nadadores do mundo”, afirmou o nadador brasileiro.

O campeão mundial dos 50 m borboleta, prova que não é a sua especialidade, agora quer esquecer toda a polêmica pelo caso de doping, que também envolveu os nadadores Henrique Barbosa, Nicholas Santos e Vinicius Waked, único suspenso pela CAS.

“É uma página do passado. Agora só olho para o futuro”, disse o brasileiro Cesar Cielo.

Mais Esporte